Desafio no Gerenciamento de Resíduos em Serviços Públicos de Saúde

Fernanda Rizzon, Cristine Hermann Nodari, Zaida Cristiane dos Reis

Resumo


Os resíduos de serviços de saúde exigem atenção especial e técnicas corretas de manejo e gerenciamento devido ao potencial poluente contra o meio ambiente e infeccioso contra a saúde humana. Esse artigo abordou o gerenciamento de resíduos em serviços públicos de saúde em um município pertencente à Macrorregião Serra no Rio Grande do Sul. Tratou-se de uma pesquisa exploratória, onde o método de trabalho escolhido foi a pesquisa-ação. Tendo descrito os processos analisados, pontos críticos encontrados em cada etapa do gerenciamento, fez-se um paralelo com a legislação vigente, abordando como os processos deveriam ser realizados e os riscos inerentes ao mau gerenciamento em cada etapa. Além disso, discutiu-se os desafios à gestão dos resíduos em serviços públicos de saúde, propondo soluções. Para uma correta ação ambiental, as instituições devem se valer da ética, garantir a qualidade de vida da população e dos usuários, assim como a proteção ao meio ambiente.

Palavras-chave


gerenciamento de resíduos; serviços públicos de saúde; legislação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/rgss.v4i1.141

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Gestão em Sistemas de Saúde – RGSS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

Revista de Gestão em Sistemas de Saúde (RGSS)
e-ISSN: 2316-3712
www.revistargss.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.