Estudo da Organização e Gestão de Serviços Públicos de Saúde em Estratégia de Saúde da Família de um Município Brasileiro

Maria Clara Lippi, Raquel Flexa

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a organização e a gestão de serviços públicos de saúde no escopo do Programa Estratégia de Saúde da Família (ESF) em um município brasileiro de grande porte, com mais de 1 milhão de habitantes. Trata-se de um estudo exploratório qualitativo, realizado através de análise documental e entrevistas semiestruturadas com gestores de 5 unidades de atendimento do ESF. Para suportar o debate, a revisão bibliográfica passou pelos conceitos de estruturas em rede no setor público e sobre a Estratégia Saúde da Família no contexto brasileiro e no município estudado. Em seguida, a foi realizada uma análise do objeto de pesquisa através do mapeamento da rede em questão, por meio da descrição de sua estrutura e dos papéis e responsabilidades dos atores envolvidos. A análise da organização e gestão de serviços públicos de saúde em ESF foi decomposta em quatro elementos: i) decisão de integração vertical e projeto da rede, ii) o projeto dos serviços, iii) o desempenho de operações e a efetividade do serviço prestado, além da iv) autonomia do gestor local.

Palavras-chave


Organização e Administração; Administração de Serviços de Saúde; Atenção Primária à Saúde; Estratégia Saúde da Família.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/rgss.v6i2.318

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Gestão em Sistemas de Saúde – RGSS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Rev. Gest. Sist. Saúde
e-ISSN: 2316-3712
www.revistargss.org.br