Governança e Implementação da Estratégia em Arranjos Produtivos Locais para Melhoras no Desempenho
Http://Dx.Doi.Org/10.5585/Riae.V9i2.1672

Helen Fischer Günther, Maurício Fernandes Pereira, Murialdo Loch, Alexandre Marino Costa

Resumo


As micro, pequenas e médias empresas (MPME) encontram-se direcionadas a atuar cooperativamente, a fim de obter benefícios distintos da ação isolada, o que favorece o desenvolvimento de arranjos produtivos locais (APL). Emerge a necessidade de sinergia entre os atores, por meio de mecanismos de integração, que devem ser geridos para a eficácia. Estas características impactam os objetivos e as estratégias. Aí se encontra um dos desafios da atualidade: como aplicar as estratégias, os planos e, como fazer a estratégia funcionar? A governança surge, então, como um meio para alcançar objetivos e, dessa forma, implica a ampliação da atenção ao desenvolvimento de métodos de gestão para manter as idiossincrasias, na mesma medida em que contribuam para a eficácia e melhora no desempenho dos APL.


Palavras-chave


Implementação da estratégia; Arranjos produtivos locais; Governança; Desempenho.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/ijsm.v9i2.1672

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2010 Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.