Desenvolvimento e controle motor de indivíduos institucionalizados em abrigos

Cássia Kelly Silva, Camila Nascimento Sobrinho, Maria Paula Souza Silva, Aline Sanchez Ferrari, Tania Brusque Crocetta, Carlos Bandeira de Mello Monteiro, Deborah Cristina Gonçalves Luiz Fernani, Maria Tereza Artero Prado Dantas

Resumo


Introdução: Alterações no controle motor são as primeiras que podem aparecer, comprometendo a aprendizagem de habilidades motoras e o desenvolvimento do indivíduo. Objetivo: Verificar e comparar o desenvolvimento e o controle motor de crianças e adolescentes institucionalizados em abrigos com aqueles que convivem em ambiente familiar. Métodos: Foram avaliados 54 crianças e adolescentes, divididos em Grupo Abrigo (GA) e Grupo Controle (GC). A avaliação do desenvolvimento psicomotor foi feita pela Bateria Psicomotora; o controle motor, pela tarefa computacional Fitts Reciprocal Aiming Task v.1.0 (Horizontal). Resultados: Na análise do desenvolvimento motor, foram encontradas pontuações inferiores do GA, porém, ambos os grupos apresentaram perfis “bons”. Além disso, foi encontrado aumento significante do tempo de movimento de ID2 para ID4a, com manutenção do ID4a para ID4b, e ID4b para ID6. Conclusão: Os indivíduos do GA apresentaram desenvolvimento psicomotor adequado para a idade, com deficit no controle motor, e maior tempo de movimento em relação ao GC, demostrando maior dificuldade na velocidade. 


Palavras-chave


Desenvolvimento infantil; Destreza motora; Institucionalização; Movimento.

Texto completo:

PDF

Referências


Corval R, Belsky J, Baptista J, Oliveira P, Mesquita A, Soares I. Inhibited attachment disordered behavior in institutionalized preschool children: links with early and current relational experiences. Attach Hum Dev. 2017; 19(6):598-612.

Os abrigos para crianças e adolescentes e o direito à convivência familiar e comunitária [Internet]. 2005. Acessado em 2018 nov 30. Disponível em: http://ipea.gov.br/agencia/images/stories/PDFs/politicas_sociais/ENSAIO3_Enid11.pdf

Roeber BJ, Tober CL, Bolt DM, Pollak SD. Gross motor development in children adopted from orphanage settings. Dev Med Child Neurol. 2012; 4(6):527-31.

Adolph KE, Franchak JM. The development of motor behavior. Wiley Interdiscip Rev Cogn Sci. 2017; 8:1-2.

Defilipo EC, Frônio JS, Teixeira MT, Leite IC, Bastos RR, Vieira MT, Ribeiro LC. Opportunities in the home environment for motor development. Rev Saude Publica. 2012; 46(4):633-41.

Santos CMS, Rodrigues MM, Fernani DCGL, Freire APCF, Monteiro CBM, Prado MTA. Aprendizagem motora em crianças e adolescentes institucionalizados em abrigo. Fisioter Mov. 2017;30:725-32.

Neto FR, Amaro KS, Prestes DB, Arab C. O esquema corporal de crianças com dificuldade de aprendizagem. Psicol Esc Educ. 2011[citado 2018 nov 3]; 15(1):15-22. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-85572011000100002

Gallahue, DL. Educação Física desenvolvimentista. Cinergis, 1(1), 20007-17.

Vieira, L F, Santos, VC, Vieira, J LL, Oliveira, AAB. Análise da aprendizagem perceptivo-motora de crianças de 7 e 8 anos da rede de ensino público de Maringá – PR. Rev Educ Fis. 2004;15(2):39-48.

Page ZE, Barrington S, Edwards J, Barnett LM. Do active video games benefitthe motor skill development of non-typically developing children and adolescents. A systematic review. J Sci Med Sport. 2017;20(12):1087-100.

Davies TC, AlManji A, Stott NS. A cross-sectional study examining computer task completion by adolescents with cerebral palsy across the Manual Ability Classification System levels. Dev Med Child Neurol. 2014; 56(12):1180-6.

Fernani DCGL, Prado MTA, Silva, TD, Massetti, T, Abreu LC, Magalhães FH, Dawes H, Monteiro CBM. Evaluation of speed-accuracy trade-off in a computer task in individuals with cerebral palsy: a cross-sectional study. BMC Neurol. 2017; 27:17(1):143.

Ternes AM, Fielding J, Corben L.A, White OB, Bradshaw JL, Hocking DR, Karistianis GN. Movement planning and online control in multiple sclerosis: assessment using a Fitts law reciprocal aiming task. Cogn Behav Neurol. 2014;27(3):139-47.

Fonseca V. Manual de observação psicomotora: significação psicológica dos fatores. Porto Alegre: Artes Médicas; 1995.

Okazaki VHA. Discrete Aming TAsk (v.2.0). Software de análise da tarefa de Fitts para o paradigma da relação inversa velocidade precisão [Internet]. 2007. [acesso em 2018 nov. 30]. Disponível em: http://okazaki.webs.com

Ferreira TL, Martinez AB, Ciasca SM. Avaliação psicomotora de escolares do 1º ano do ensino fundamental. Rev Psicopedagogia. 2010;27(83): 223-35.

Levin AR, Zeanah CH Jr, Fox NA, Nelson CA. Motor outcomes in children exposed to early psychosocial deprivation. J Pediatr. 2014;164(1):123-129.

Chaves CMP, Lima FET, Mendonça LBA, Custódio IL, Matias EO. Avaliação do crescimento e desenvolvimento de crianças institucionalizadas. Rev Bras Enferm. 2013; 66(5):668-74.

Leite LC, Bonjovani LC, Marins MG, Marangoni VP. Avaliação da tonicidade no desenvolvimento psicomotor em escolares. Anais do 15º Congresso Nacional de Iniciação Científica – CONIC-SEMESP; 2015; 3; São Paulo, Brasil.

Pereira LA, Calsa GC. A Importância da psicomotricidade e do processo de tomada de consciência para prevenção de dificuldades de aprendizagem na educação infantil. Rev Eletrônica de psicologia e epistemologia genéticas. 2014;6(2):93-114.

Silva, DMM, Ribeiro DC, Rezende GP, Silva TD, Monteiro CBM, Trevizan IL, Wajnsztejn ABC, Massetti T. Speed-precision assessment in difficulty level function in Asperger’sdisorder. ABCS Health Sciences. 2016:41-1.

Miller HL, Caçola PM, Sherrod GM, Patterson RM, Bugnariu NL. Children with Autism Spectrum Disorder, Developmental Coordination

Disorder, and typical development differ in characteristics of dynamic

postural control: A preliminary study. Gait Posture. 2019 Jan; 67:9-11. https://doi.org/10.1016/j.gaitpost.2018.08.038.

Sweeney KL, Ryan M, Schneider H, Ferenc L, Denckla MB, Mahone, EM.Developmental Trajectory of Motor Deficits in Preschool Children with ADHD. Dev Neuropsychol. 2018;43(5):419-429.




DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v18n2.11020

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN da versão impressa: 1677-1028
ISSN da versão online: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.