Avaliação da qualidade de vida de cuidadores de pacientes com seqüelas neurológicas

Ananda Guerra de Sousa, Raphael Colodro Zarameli, Raquel Agnelli Mesquita Ferrari, Marcelo Frigero

Resumo


O objetivo neste estudo foi analisar a qualidade de vida de cuidadores informais de pacientes com seqüelas causadas por doenças neurológicas, especialmente as lesões medulares e os acidentes vasculares encefálicos (AVE), que causam grande impacto na vida desses cuidadores. Participaram da pesquisa 20 indivíduos divididos em dois grupos: o primeiro grupo, formado por cuidadores informais de pacientes acometidos por AVE ou lesão medular, e o segundo – o grupo controle – por indivíduos (n=11) que não trabalhavam na área da saúde. Todos os participantes foram submetidos à avaliação da qualidade de vida por meio da aplicação do questionário Short-Form 36 (SF-36). Os resultados obtidos permitiram verificar redução significativa dos valores de escores de 7 dos 8 domínios do SF-36, no grupo dos cuidadores informais, em comparação aos indivíduos controle. Conclui-se, dessa forma, que os cuidadores informais apresentaram uma redução da qualidade de vida quando comparados aos indivíduos do grupo controle.

Palavras-chave


Acidente vascular encefálico; Cuidadores; Qualidade de vida; Lesão medular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v7i4.1383

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.