Efeito do feedback visual na força isométrica da pinça de três dedos

Ronaldo Luis Silva, Renata Escorcio, Michele Emy Hukuda, Lilian Aparecida Yoshimura Yoshimura, Eduardo Vital Carvalho, Fatima Aparecida Caromano

Resumo


A função e a força muscular são dois parâmetros frequentemente avaliados durante o exame neurológico pediátrico. A avaliação da força isométrica, por meio da dinamometria manual, é uma técnica de fácil aplicação. Nesta pesquisa, objetiva-se avaliar a influência do feedback visual nos dados gerados pela dinamometria manual em crianças saudáveis, para aperfeiçoar a metodologia do teste. Mensurou-se a força máxima isométrica por meio de um dinamômetro manual na atividade de pinça de três dedos sem e com feedback visual. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre os dados obtidos sem e com feedback visual, bem como influência da idade, do peso, da altura e do IMC. Sugerem-se mais estudos com população similar e com adultos e crianças portadores de necessidades especiais. Concluiu-se que o feedback visual não afeta os dados obtidos nos teste de força isométrica de pinça de três dedos.

Palavras-chave


Criança; Dinamômetro; Força muscular; Força de pinça; Retroalimentação psicológica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i3.1680

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.