Uso do cloridrato de sevelamer e carbonato de cálcio na hiperfosfatemia de pacientes em hemodiálise

Rogério Barbosa de Deus, William Malagutti, Renato Ribeiro Nogueira Ferraz

Resumo


Neste estudo, objetiva-se avaliar a efetividade do sevelamer e do carbonato de cálcio como quelantes de fósforo. Foram selecionados 31 pacientes (55±14 anos) submetidos à hemodiálise (HD) 3 vezes/semana 4 h/sessão, dos quais foram levantados resultados de exames em tempo zero e tempo final, divididos em três grupos: GI, em uso de carbonato de cálcio; GII, em uso do sevelamer; GIII, sem uso de quelantes. O GII apresentou tendência a maior número de sessões extras de HD e maior tempo em HD vs GI. O nível de cálcio tendeu a ser diferente no GII vs GI. Houve tendência a maior nível de fósforo inicial no GII vs GIII. Concluiu-se que o sevelamer apresenta grande valor terapêutico e é de suma importância para pacientes com DRC V em tratamento dialítico hipercalcêmicos. Há indícios de que, a longo prazo, o uso dessa substância traga benefícios na redução da morbidade associada à hemodiálise.

Palavras-chave


Carbonato de cálcio; Doença renal crônica classe V; Hiperparatireoidismo secundário; Sevelamer.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i3.1734

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.