Influência do perfil clínico e sociodemográfico na qualidade de vida de cardiopatas submetidos à reabilitação cardíaca

Renata Claudino Rossi, Franciele Marques Vanderlei, Luiz Antonio Rodrigues Medina, Carlos Marcelo Pastre, Carlos Roberto Padovani, Luiz Carlos Marques Vanderlei

Resumo


Introdução: Programas de reabilitação cardiovascular são fundamentais para garantir uma melhor qualidade de vida (QV) em pacientes cardiopatas. Objetivos: Avaliar a QV de pacientes submetidos à reabilitação cardíaca (RC) e investigar se aspectos sociodemográficos, tipo de diagnóstico e tempo de tratamento são variáveis que influenciam a QV desses pacientes. Métodos: Realizou-se um estudo transversal com 82 pacientes, 64,52 ± 9,04 anos, que responderam dois questionários para avaliação da QV (questionário SF-36). Foram feitas a classificação do nível socioeconômico e a determinação do perfil sociodemográfico dos participantes. Resultados: Maiores valores dos escores do questionário SF-36 que avaliam aspectos emocionais foram observados em todas as associações realizadas. Os aspectos do perfil da amostra abordados neste estudo não repercutiram de forma representativa na QV. Conclusão: Pacientes cardiopatas submetidos à RC apresentaram maiores valores em escores de qualidade de vida que avaliam aspectos emocionais. Os fatores estudados não influenciaram a QV desses participantes.

Palavras-chave


Doença das coronárias; Exercício; Qualidade de vida; Questionários; Reabilitação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN da versão impressa: 1677-1028
ISSN da versão online: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br