Perfil dos cuidadores das instituições de longa permanência para idosos de Itaúna – MG

Renata Antunes Lopes, Natália Corradi Drumond Mitre, Marlete Aparecida Gonçalves Melo Coelho, Bárbara Zille de Queiroz

Resumo


Introdução: Atualmente, há um aumento da demanda por instituições de longa permanência pelos idosos e aumento do ônus físico-emocional dos cuidadores. Objetivo: Descrever o perfil sociodemográfico dos cuidadores das instituições de longa permanência para idosos (ILPI) de Itaúna (MG) e avaliar a relação entre sintomas depressivos, qualidade de vida e ansiedade. Métodos: Foram incluídos os cuidadores formais das duas ILPIs do município. Os instrumentos utilizados foram: entrevista sociodemográfica, avaliação da qualidade de vida, ansiedade e sintomas depressivos. Resultados: Dos 25 cuidadores, mais de 50% são do sexo feminino, sedentários, casados e com ensino fundamental incompleto; 48% e 92% dos cuidadores apresentam sintomas depressivos e ansiedade, respectivamente. Houve correlação negativa entre sintomas depressivos e qualidade de vida; e correlação positiva, entre sintomas depressivos e ansiedade. Conclusão: Os resultados confirmaram que é necessária uma abordagem multidisciplinar dos problemas de saúde dos cuidadores para que possam cuidar melhor dos idosos institucionalizados.

Palavras-chave


Cuidadores; Instituição de longa permanência para idosos; Perfil de saúde; Qualidade de vida.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v11n2.2985

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.