Ação cicatrizante da nanopartícula de prata com norbixina em queimaduras

Ezequielina Raquel Leal, Isnária Soares De Oliveira, Juscelino Lopes da Silva, Augusto César Evelin Rodrigues, Danniel Cabral Leão Ferreira, Vicente Galber Freitas Viana, Karinne Sousa de Araújo, Mariana Chaves Santos, Noélia Maria de Sousa Leal, Antônio Luiz Martins Maia Filho

Resumo


Introdução: A queimadura é uma injúria que altera a integridade da pele, decorrente de traumas térmicos. Dentre os compostos não convencionais utilizados na cicatrização de feridas estão a norbixina e as preparações com prata. Objetivo: avaliar a ação cicatrizante da nanopartícula de prata associada à norbixina em queimaduras de Mus musculus. Métodos: Inicialmente, preparou-se uma solução nanoprata/norbixina e a partir desta solução obteve-se o gel teste. Posteriormente dividiu-se os animais em 3 grupos, sendo negativo (sem tratamento), positivo (sulfadiazina de prata) e teste (gel teste). Nestes animais houve a indução das queimaduras. No 7º e 14º dia realizou-se a eutanásia e os tecidos lesionados foram coletados para análise microscópica. Resultado: Verificou-se potencial vantagem do grupo teste em relação ao negativo e igualdade comparada ao positivo. Conclusão: A nanopartícula de prata associada à norbixina representa uma fonte alternativa para a cicatrização de queimaduras.

Palavras-chave


Pele; Queimaduras; Cicatrização; Nanocompostos; Bixa orellana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v16n2.7312

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Conscientiae Saúde
ISSN da versão impressa: 1677-1028
ISSN da versão online: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br