Desafios culturais, metodológicos e tecnológicos da transformação digital: um estudo de caso no mercado bancário brasileiro

Ed de Almeida Carlos

Resumo


O estudo apresenta os avanços e resultados obtidos pelo maior banco privado brasileiro em seu processo de Transformação Digital (TD), bem como seus desdobramentos culturais, metodológicos e tecnológicos. Esses desdobramentos foram alinhados à proposta de valor do banco, “ágil e centrada no cliente”, com a disponibilização de produtos e serviços cada vez mais adequados às necessidades e desejos da clientela, especialmente por canais digitais, para fazer frente aos desafios de inovação trazidos por bancos digitais e fintechs. Esta é uma pesquisa qualitativa e exploratória, sob a forma de estudo de caso, que indicou: (1) aspectos mais desenvolvidos do processo de TD: cliente no centro de tudo, liderança e Capital Humano reforçam o novo modelo de negócio, todo o time de tecnologia treinado e seguindo os “ritos e cerimônias ágeis”, ampliação dos investimentos para manter-se na vanguarda do setor e ambiente vivencial para teste de hipóteses; (2) aspectos menos desenvolvidos: necessidade de avanço na comunicação nos diversos níveis e áreas e para a disseminação da agilidade pela organização, lideranças das áreas de negócio em “fase de comprar o modelo”, manter-se atento a concorrentes menores e mais ágeis em criar e adotar novas tecnologias. Além das contribuições teóricas/metodológicas aos programas de mestrado profissional, cuja espinha dorsal consiste na produção deste modelo de trabalho acadêmico (relato técnico), o estudo contribui para a gestão, ao apresentar os passos dados pelo banco estudado e os resultados obtidos em seu processo de TD.

 

 

 


Palavras-chave


Transformação digital; Inovação em serviços; Banco; Relato técnico

Texto completo:

PDF

Referências


Bardin, L. (2011). Análise de Conteúdo (Edições 70, ed.). Lisboa: LDA.

Biancolino, C. A., Kniess, C. T., Maccari, E. A., & Rabechini Jr., R. (2012). Protocolo para Elaboração de Relatos de Produção Técnica. Revista de Gestão e Projetos, 3(2), 294–307. https://doi.org/10.5585/gep.v3i2.121.

Bughin, J., Deakin, J., & O´Beirne, B. (2019). Digital transformation : Improving the odds of success. Mckinsey Quaterly, (October), 1–5.

Chanias, S., Myers, M. D., & Hess, T. (2019). Digital transformation strategy making in pre-digital organizations: The case of a financial services provider. Journal of Strategic Information Systems, 28(1), 17–33. https://doi.org/10.1016/j.jsis.2018.11.003.

Creswell, J. W. (2014). Investigação qualitativa e projeto de pesquisa: escolhendo entre cinco abordagens. (3a. edição). Porto Alegre: Penso.

Davenport, T. H., & Spanyi, A. (2019). Digital Transformation Should Start With Customers. Sloan Blog, 1–5. Retrieved from https://sloanreview.mit.edu/article/digital-transformation-should-start-with-customers/

FEBRABAN. (2018). Relatório Anual Febraban 2018.

Ghezzi, A., & Cavallo, A. (2018). Agile Business Model Innovation in Digital Entrepreneurship: Lean Startup Approaches. Journal of Business Research, (June), 0–1. https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2018.06.013.

Godoi, C. K., Silva, A. B. ., & Melo, R. B. (2010). Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais – paradigmas, estratégias e métodos. (2a. edição). SÃO PAULO: Saraiva.

Guinan, P. J., Parise, S., & Langowitz, N. (2019). Creating an innovative digital project team: Levers to enable digital transformation. Business Horizons, 62(6), 717–727. https://doi.org/10.1016/j.bushor.2019.07.005.

Hernandez, R., Version, D., & Hernandez, R. (2019). Applicability of Agile and Scrum to Product-Service Systems. EurOMA Conference, 1–10.

Hinings, B., Gegenhuber, T., & Greenwood, R. (2018). Digital innovation and transformation: An institutional perspective. Information and Organization, 28(1), 52–61. https://doi.org/10.1016/j.infoandorg.2018.02.004.

Hofmann, R. (2018). Agile at Scale. Harvard Business Review, (June), 88–96. Retrieved from https://hbr.org/2018/05/agile-at-scale.

İnel, M. N. (2019). An empirical study on measurement of efficiency of digital transformation by using data envelopment analysis. Management Science Letters, 9(4), 549–556. https://doi.org/10.5267/j.msl.2019.1.008.

Itaú Unibanco. (2019). Apresentação Institucional - 3o tri/2019.

Kotarba, M. (2018). Digital transformation of business models. Foundations of Management, 10(1), 123–142. https://doi.org/10.2478/fman-2018-0011.

Neto, A. S. D. S., Barcelos, M. T. C., & Costa, D. D. M. (2018). Perspectivas e percepções da inovação no mercado de aplicativos bancários. DESAFIO ONLINE, 6(1), 25–42.

Pramanik, H. S., Kirtania, M., & Pani, A. K. (2019). Essence of digital transformation—Manifestations at large financial institutions from North America. Future Generation Computer Systems, 95, 323–343. https://doi.org/10.1016/j.future.2018.12.003.

Rigby, D. K. ., Sutherland, J., & Noble, A. (2018). Agile at Scale. Harvard Business Review, 88–96. Retrieved from https://hbr.org/2018/05/agile-at-scale.

Schallmo, D., Williams, C. A., & Boardman, L. (2017). Digital transformation of Business Models - Best practice, enablers. International Journal of Innovation Management, 21(8), 1–17. https://doi.org/10.1142/S136391961740014X.

Sousa, M. J., & Rocha, Á. (2019). Digital learning: Developing skills for digital transformation of organizations. Future Generation Computer Systems, 91, 327–334. https://doi.org/10.1016/j.future.2018.08.048.

Sutherland, J., & Sutherland, J. J. (2018). Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo (3a. edição). Rio de Janeiro: LeYa.

Verhoef, P. C., Broekhuizen, T., Bart, Y., Bhattacharya, A., Qi Dong, J., Fabian, N., & Haenlein, M. (2019). Digital transformation: A multidisciplinary reflection and research agenda. Journal of Business Research, (July 2018). https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2019.09.022.

von Leipzig, T., Gamp, M., Manz, D., Schöttle, K., Ohlhausen, P., Oosthuizen, G., von Leipzig, K. (2017). Initialising Customer-orientated Digital Transformation in Enterprises. Procedia Manufacturing, 8 (October 2016), 517–524. https://doi.org/10.1016/j.promfg.2017.02.066.

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos. (3a. edição). Porto Alegre: Bookman.




DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v8i2.18415

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Inovação, Projetos e Tecnologias – IPTEC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
www.revistaiptec.org

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional