A Importância do Gerenciamento do Escopo e de suas Mudanças a Fim de Identificar os Impactos Gerados nas Áreas de Prazo, Custo e Qualidade de um Projeto de Exploração Offshore de Petróleo

Daniel Jose Teixeira Seda

Resumo


Este artigo apresenta aspectos importantes relacionados ao processo de gestão de projetos, majoritariamente baseado na metodologia PMI (Project Management Institute) e no guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge Guide). Nele são abordados assuntos fundamentais para o sucesso de um projeto, tais como o que deve ser observado no gerenciamento do escopo e de suas mudanças para minimizar os impactos no prazo, no custo e na qualidade do projeto. No item relativo ao estudo de casos é dada uma maior ênfase sobre o assunto, abordando exemplos reais de como a falta de um escopo bem definido e problemas na gestão da mudança contribuem para alterações inoportunas do cronograma, aumento do custo e queda da qualidade de um projeto de implantação de sistemas submarinos para a exploração offshore de petróleo. Os projetos de exploração de petróleo em função de sua dimensão, complexidade e interdisciplinaridade estão sujeitos à análise do escopo fazendo intervenções desde a fase de engenharia básica até a fase de execução, tornando a gestão do escopo fundamental para que o projeto atinja suas metas.


Palavras-chave


Gerenciamento; Projeto; Escopo; Mudanças; Custo; Prazo; Qualidade; Implantação; Petróleo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/iptec.v5i2.106

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Daniel Jose Teixeira Seda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC

e-ISSN: 2318-9851
www.revistaiptec.org

Revista Inovação, Projetos e Tecnologias - IPTEC ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional