v. 3, n. 2 (2015)

Julho-Dezembro

Editorial, v.3, n.2 (2015)


Caros leitores,

Com esta 4ª edição, a IPTEC completa 2 anos de vida. Fazendo um balanço da revista ao longo deste período, já publicamos 36 relatos técnicos, sendo 28% deles da área de Inovação, 30% de Gestão de Projetos, 11% de temas Tecnológicos e 31% sobre Sustentabilidade. Especificamente nesta 2ª edição de 2015, apresentamos 9 relatos técnicos inéditos nas áreas que são o foco deste periódico: Inovação com 2 trabalhos, 2 relatos de Gestão de Projetos, 1 da área de Tecnologia e 4 de Sustentabilidade.

Ed de Almeida Carlos e Pablo Padilha da Fundação Instituto de Administração – FIA abrem esta edição com um trabalho da área de Inovação, intitulado “Gestão da Inovação e seus Impactos no Processo de Internacionalização da Marcopolo S/A”. Seu trabalho descreve e analisa os principais passos do processo de planejamento e gestão da inovação na Marcopolo S.A., com ênfase no processo da internacionalização da empresa. Os autores concluem que um dos principais fatores que têm feito com que a empresa alcance resultados expressivos ao longo das últimas décadas é o formato de execução de sua gestão de inovação.

O segundo trabalho sobre Inovação desta edição, “Comportamento de Consumo de Serviços Educacionais: Fatores Influenciadores na Escolha de Formação Profissional” de Aldo Cézar Bianchi de Souza, Eloísa Helena Rodrigues Guimarães e Ester Eliane Jeunon da Fundação Pedro Leopoldo – FPL, apresenta uma pesquisa inovadora no segmento educacional. O relato analisou os fatores que influenciam estudantes de ensino médio na escolha de sua formação profissional. Com uma amostra de 422 alunos de escolas públicas da cidade de Contagem-MG e uma relação de 30 fatores com base nas principais teorias do comportamento do consumidor, os pesquisadores concluem que os jovens necessitam de abordagens capazes de lhes acrescentar conhecimentos acerca do mundo do trabalho e das profissões que lhes permitam escolher uma formação compatível com a sua identidade.

Da área de gestão de projetos Eduardo Schorr, Flávio Carlos Barro, Gisele Maria Tonin da Costa e Dânia Barro do Instituto de Desenvolvimento Alto Uruguai – IDEAU apresentam o trabalho “A Implementação do Projeto de Aperfeiçoamento Teórico Prático Como Ferramenta de Gestão para Aprimoramento do Processo Ensino-Aprendizagem em Cursos de Graduação”. Este relato tem como objetivo apresentar um projeto de ferramenta estratégica, metodológica e inovadora que aprimore o processo ensino-aprendizagem no ensino superior. Os autores ressaltam que a intervenção do docente neste processo contribui para uma ressignificação pedagógica privilegiada que contribui para a construção de novos conhecimentos.

Em “Desenvolvimento de Projeto de Novos Produtos com Base na TRIZ: Estudo de Caso na Indústria Automobilística”, Stefano Maleski e Riccardo Leonardo Rovai da Universidade Nove de Julho – UNINOVE discutem a busca de maior eficiência no processo de desenvolvimento de produto desde a elaboração do projeto até a prototipagem para entrega ao fornecedor. Os autores apresentam a aplicação da metodologia TRIZ – Teoria para Resolução de Problemas Inventivos, que utiliza conceitos de contradição e princípios inventivos visando à resolução de problemas, em uma empresa do setor automobilístico que busca maior velocidade na prototipagem de seus produtos.

O planejamento tributário é uma forma lícita de reduzir a carga tributária, exigindo conhecimento técnico e estratégico nas organizações. As empresas tradicionalmente realizam o planejamento para escolha do melhor regime tributário, sendo a opção irretratável para todo o ano-calendário. Anderson Giovane Sontag, Elza Hofer e Ronaldo Bulhões da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE apresentam no trabalho “Planejamento Tributário: um Estudo Aplicado a Uma Empresa Paranaense”, uma pesquisa realizada em uma empresa atacadista em um município no Oeste do Paraná. Os resultados demonstraram que a publicação de um decreto pelo Governo do Estado apresentou significativo aumento na carga tributária, embora o regime do simples nacional continue sendo a melhor opção atualmente.

Abrindo a seção de trabalhos da área de Sustentabilidade, o relato “Programa de Melhorias das Práticas Ambientais no Setor de Penicilínicos da Fundação para o Remédio Popular (FURP)” de Luis Eugênio Gouvêa Turco, Amarilis Lucia Casteli Figueiredo Gallardo e Ana Cristina de Faria da Universidade Nove de Julho – UNINOVE teve como objetivo identificar oportunidades de melhorias de práticas ambientais no processo de produção de penicilínicos em uma indústria farmacêutica. Com este objetivo os autores conduziram um estudo de caso na unidade de Guarulhos da Fundação para o Remédio Popular (FURP).

Taísa Scariot Preusler, Tatiane Baseggio Crespi, Daiane Lampugnani Marafon e Valdeci Nardi do Instituto de Desenvolvimento Alto Uruguai – IDEAU no trabalho “Terceirização dos Serviços de Impressão Como Forma de Obtenção da Ecoeficiência em uma Empresa Pública de Pesquisa Agropecuária” identificam as principais vantagens que a terceirização do serviço de impressão trouxe a uma empresa pública de pesquisa agropecuária. Este processo possibilitou benefícios financeiros com a economia de custos e de ecoeficiência, devido à diminuição do consumo de papel e ao descarte correto de resíduos gerados, tais como toners e cartuchos.

Em um trabalho que teve por objetivo analisar a implantação do processo de aquisição de bens e serviços da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG, no período de março de 2010 a março de 2014, José Edson Lara, Ronaldo Lamounier Locatelli, Gislene Brant Moura Generoso, e Tarcísio Afonso da Fundação Pedro Leopoldo o fazem no contexto dos critérios de sustentabilidade ambiental. O relato técnico “Adoção dos Critério de Sustentabilidade Ambiental no Processo de Compras de uma Universidade Federal” indica que a adoção de tais critérios ainda não se encontra plenamente integrada à gestão universitária. Como resultado do trabalho foi proposto um Roadmap com a visão sistêmica da gestão da sustentabilidade.

Fechando esta edição, João Alexandre Paschoalin Filho, Ana Cristina de Faria e Sueli Aparecida Frasson da Universidade Nove de Julho – UNINOVE apresentam o trabalho “Instalação de um Britador de Mandíbulas para Reciclagem de Resíduos de Construção Civil no Município de Osasco/SP: Foco nos Aspectos Econômicos” onde discutem ferramentas de gestão e técnicas para mitigar os impactos ambientais causados no segmento da construção civil. Dentro deste contexto, este relato técnico apresenta um estudo de caso de uma construtora que implantou, em sua unidade de negócios em Osasco/SP, um britador de mandíbulas para promover a reciclagem dos resíduos gerados pelas suas obras. Os autores concluem o trabalho ressaltando que o projeto trouxe vantagens técnicas, ambientais e econômicas para a construtora.

 

Desejamos uma excelente leitura a todos!

 

Editor Científico

Prof. Dr. Leandro Alves Patah

 

Editora Adjunta

Profa. Dra. Cristina Dai Prá Martens


Sumário

Relatos técnicos

Ed de Almeida Carlos, Pablo Padilha
PDF
153-167
Aldo Cézar Bianchi de Souza, Eloísa Helena Rodrigues Guimarães, Ester Eliane Jeunon
PDF
168-183
Flávio Carlos Barro, Gisele Maria Tonin da Costa, Eduardo Schorr, Dânia Barro
PDF
184-196
Stefano Maleski, Ricardo Leonardo Rovai
PDF
197-210
Anderson Giovane Sontag, Elza Hofer, Ronaldo Bulhões
PDF
211-225
Luís Eugênio Gouvêa Turco, Amarilis Lucia Casteli Figueiredo Gallardo, Ana Cristina de Faria
PDF
226-238
Taísa Scariot Preusler, Tatiane Basegio Crespi, Daiane Lampugnani Marafon, Valdeci Nardi
PDF
239-253
José Edson Lara, Gislene Brant Moura Generoso, Ronaldo Lamounier Locatelli, Tarcísio Afonso
PDF
254-267
Suely Aparecida Frasson, João Alexandre Paschoalin Filho, Ana Cristina de Faria
PDF
268-282