Os fundamentos da justiça e do direito em David Hume

Marcos Balieiro

Resumo


Neste artigo, procura-se oferecer uma introdução às considerações de Hume sobre o surgimento das noções de política e de governo. Para ele, a justiça é resultante de uma convenção totalmente diferente de um contrato ou uma promessa. O governo, por sua vez, nada mais é do que uma instituição necessária para garantir que as regras da justiça sejam observadas. Ressaltam-se também as diferenças mais gritantes entre a concepção humiana de justiça e de governo e aquelas defendidas por autores contratualistas, sobretudo por Hobbes. Por fim, procura-se mostrar alguns aspectos em que a filosofia política humiana parece mais original em relação a outros pensadores de seu tempo..

Palavras-chave


Governo. Hume. Justiça. Política.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/prismaj.v6i0.1136

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Prisma Jurídico

e-ISSN: 1983-9286

ISSN: 1677-4760
www.revistaprisma.org.br

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional