Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Missão

Servir como veículo de publicação periódica de trabalhos de pesquisa teóricos e aplicados, da área de estratégia, que estudam os indivíduos, organizações, nações, mercados e sociedade em geral.

Objetivos

Publicar artigos originais e inéditos no campo da estratégia, visando contribuir para o fomento da produção e divulgação científica no campo da estratégia.

Escopo

• Novas perspectivas teóricas que avançam em relação a compreensão e a variedade da estratégia, tanto na melhoria de sua eficiência como em abordagens críticas; nesta linha prioriza-se o desenvolvimento de novas teorias desafiadoras, esclarecimentos de teorias existentes e identificação de novas questões teóricas.

• Investigações empíricas ou ensaios que a partir de teorias ou referenciais formulados mostrem a aplicação prática no campo da estratégia; prioriza-se contribuições inéditas e sua importância para os estudos na área, com a utilização de métodos quantitativos e qualitativos.

Público-alvo

Corresponde ao conjunto de pesquisadores, estudiosos, acadêmicos, profissionais e estudantes que tenham como interesse os diversos temas relacionados a estratégia, em suas concepções relacionadas ao pensamento, ao planejamento e a gestão.

Política de Submissão

A Comissão Editorial tem suas decisões e ações balizadas pelos princípios éticos que suportam as revistas científicas, e os editores devem acompanhar os mais recentes avanços editoriais científicos no mundo ibero-americano.

Operacionalmente, a partir das etapas fornecidas pela plataforma Open Journal System (OJS), os artigos submetidos são avaliados pela Comissão Editorial no que se refere a seu mérito científico e adequação aos requisitos da American Psychological Association APA e demais preceitos editoriais da revista.

Em seguida, os textos submetidos são encaminhados a pelo menos dois pareceristas em sistema de blind review.

A partir das avaliações dos pareceristas, a Comissão Editorial pode decidir editar ou não os artigos submetidos além de sugerir mudanças eventuais de modo a adequar os textos.

Todos os textos submetidos devem vir acompanhados de carta de autorização para publicação (tanto eletrônica como impressa), além de afirmação do seu teor inédito e exclusivo para ser veiculado na revista.

Nenhum dos organismos editoriais, organizações de ensino e pesquisa ou pessoas físicas envolvidas nos conselhos, comitês ou processo de editoração e gestão da revista se responsabilizam pelo conteúdo dos artigos seja sob a forma de idéias, opiniões ou conceitos, devendo esta responsabilidade ser de inteira responsabilidade dos autores dos respectivos textos.

 

Políticas de Seção

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Perspectivas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas de Livros e Resenhas Críticas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos Tecnológicos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação de artigos submetidos à Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE é caracterizado por um sistema de dupla avaliação e envolve duas etapas sequenciais: o desk review e a avaliação pelos pareceristas. Na desk review, os editores se reúnem e analisam, sem qualquer identificação dos autores, os artigos recebidos para avaliar sua pertinência ao escopo da revista e seu potencial para contribuir, significativamente, para o conhecimento no campo de estudo de estratégia. Quando necessário, os editores envolvem membros do comitê científico nesse processo. Esta avaliação ocorre mensalmente. Quando o trabalho submetido não for adequado às políticas da revista os autores são comunicados sobre a decisão, em até sessenta dias contados a partir da data de submissão. Os artigos aprovados na etapa de desk review, são encaminhados a dois especialistas que compõem o corpo de pareceristas da revista para avaliação no sistema Double Blind Review, ou a pesquisadores externos selecionados pelo seu conhecimento da área de estudo do artigo. Os pareceristas são professores e pesquisadores associados a programas de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino nacionais ou estrangeiras. Os artigos são avaliados considerando-se a relevância do tema estudado para a estratégia, a redação, o encadeamento lógico da revisão teórica com a utilização de referências apropriadas, a adequabilidade dos procedimentos metodológicos, a profundidade e a consistência das análises, o delineamento das conclusões e a relevância das contribuições, mediante formulário pré-definido fornecido aos pareceristas. Esta etapa do processo de avaliação pode durar até três meses, sendo que ao seu término, os autores são comunicados sobre a decisão editorial. Quando os pareceristas solicitarem ajustes no artigo, será concedido aos autores, a critério dos editores, um prazo entre trinta e sessenta dias para a incorporação das sugestões e correções requeridas. Após a realização dos ajustes solicitados e constatação destes pelos pareceristas e editores, os artigos são submetidos à revisão ortográfica, gramatical e de adequação às normas adotadas pela revista e à editoração final do documento. A conclusão desse processo não implica a publicação imediata do artigo, cabendo aos editores, de acordo com as políticas editoriais, elaborar as pautas e decidir o momento apropriado para a publicação.

 

Periodicidade

·Até 2009, a periodicidade era semestral (janeiro/junho, julho/dezembro);

·A partir de 2010, a periodicidade passou a ser quadrimestral (janeiro-abril; maio-agosto; setembro-dezembro);

·A partir de 2013, a periodicidade passa a ser trimestral (janeiro-março; abril-junho; julho-setembro; outubro-dezembro);

 

Política de Acesso Livre

Este periódico disponibiliza acesso livre “open access” a todo o seu conteúdo, podendo os artigos serem lidos, descarregados, copiados, distribuídos, impressos e/ou pesquisados.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Conselhos e Comitês

Sobre o Conselho Editorial

O Conselho Editorial é constituído por representantes acadêmicos de diferentes instituições de ensino e pesquisa. Seus membros atuam preferencialmente, mas não exclusivamente, na área de pesquisa de estratégia. A atuação do Conselho Editorial não é feita necessariamente de forma coletiva. Não há previsão de reuniões ordinárias para tratar de questões pautadas. Não há envolvimento formal dos membros do Conselho Editorial com a entidade legalmente responsável pela publicação da revista. Cada membro participa nos trabalhos da revista de forma mais individual, por meio de uma articulação do Comitê Científico ou dos Editores. De fato, cada membro atua como conselheiro do Comitê Científico e dos Editores interpretando e sugerindo aperfeiçoamentos na Política Editorial, divulgando a revista, posicionando-se como árbitro em questões estratégicas do envolvimento da RIAE no meio acadêmico e profissional. O Conselho Editorial não supervisiona ou interfere no processo editorial, estando afastado do processo de arbitramento de artigos. Manifesta-se em assuntos relevantes como a consistência da política editorial e das publicações, sua qualidade e também sobre as questões éticas pertinentes à gestão editorial. Cada membro assume também a função de “ouvidor” da comunidade científica atuante na área, garantindo a credibilidade acadêmica e a postura que se espera de uma revista científica.

 

Comitê Científico

O Comitê Científico é um colegiado interinstitucional, composto por representantes dos grupos de pesquisa que respaldam mais diretamente o desenvolvimento da revista. Sua atuação é feita de forma colegiada, com decisões coletivas e democráticas. A missão maior do grupo é assegurar a credibilidade dos procedimentos editoriais adotados e assumir a responsabilidade científica da revista. O Comitê Científico indica os Editores Científicos que passa a ser seu membro natural. Ademais, suas atribuições são de caráter científico com o intuito de assegurar que a missão da Revista seja cumprida. Este comitê deve estar permanentemente ativo no cumprimento das definições gerais da política editorial da revista e também dos procedimentos editoriais previstos, particularmente no que se refere à garantia de consistência e qualidade das publicações. Edições especiais e outras contribuições científicas deverão ser discutidos e definidos por esta instância. É sua atribuição discutir e desenvolver regulamentos próprios para assuntos variados como: normas e formatação de artigos; critérios de avaliação e aceite de textos para publicação; aceite de novos grupos de pesquisa para participar do comitê; aprovação do orçamento; credenciamento de revisores e pareceristas; definição de política de circulação e assinaturas, entre outras matérias. O Comitê Científico não interfere na operação editorial da RIAE, que é de sobre responsabilidade do Editor e sua equipe operacional.

 

Editores Científico

Os Editores Científicos são responsáveis pelo estabelecimento da Política Editorial, pela gestão editorial e pela supervisão da Secretaria Editorial, que opera todo o fluxo de trabalho, com auxílio do e sistemas Open Journal System – OJS. Os Editores tem atuação específica na seleção prévia de artigos encaminhados para a revista, na distribuição dos artigos entre os pareceristas,que irão avaliá-los. Se os artigos possuírem a qualidade esperada eles serão publicados. Adicionalmente, os Editores devem ter uma postura ativa nos trabalhos do Comitê Científico e na articulação de ações do Conselho Editorial. Um fluxograma das atividades do processo de editoração científica está explicitado na plataforma OJS, no item de menu “Sobre/Sobre o Sistema de Publicação Eletrônica de Revistas”.

Editor-Chefe
José Eduado Storópoli, Universidade Nove de Julho - UNINOVE - São Paulo

Coeditor
Heidy Rodriguez Ramos , Universidade Nove de Julho – UNINOVE - São Paulo

 

Ficha Catalográfica

Revista Ibero-Americana de Estratégia - RIAE Modalidade Editorial: Eletrônica – http://www.revistaiberoamericana.org v.8, n.1 (janeiro/junho 2009) – São Paulo – S.P. Sucede a Revista Gerenciais v.1, n.1 (janeiro/dezembro 2002) – São Paulo – SP. Publicação Insterinstitucional dos Centros, Núcleos, Cátedras e Grupos de Pesquisa: · Grupo de Estudos em Planejamento Estratégico, da USP, Brasil; · Grupo de Pesquisa em Estratégia e Competitividade, da UNINOVE, Brasil; · globADVANTAGE - Center of Research on International Business & Strategy, do IPL,Portugal; · Management Research Center - MRC do ISCTE-IUL, Portugal; · Cátedra Accenture en Dirección Estratégica, do IE, Espanha; · Estudios en Marketing y Estrategia, da UCHILE, Chile; · Núcleo de Ensino e Pesquisa em Marketing e Estratégia de Operações, da FUMEC, Brasil; · Grupo de Pesquisa Estratégia Organizacional, da UFPR, Brasil; · Grupo de Estudos em Estratégia e Marketing, FGV/RJ, Brasil; · Grupo de Pesquisa Liderança e Gestão Estratégica da UFSC/SC, Brasil; · Grupo de Pesquisa em Gestão Empresarial da UNIFOR/CE, Brasil; · Grupo de Relações Organizacionais e Estratégia - REDESTRAT, da UNIVALI, Brasil; · Grupo de Pesquisa em Estratégias para Inovação, da UNISUL, Brasil; Editor: março de 2020 – José Eduardo Storópoli - e-ISSN: 2176-0756 1. Administração - Periódicos. 2. Estratégia – Periódicos São Paulo – S.P.

 

Catalogação na Publicação (CIP)

Cristiane dos Santos Monteiro

CRB-8/7474

 

Classificação CAPES/QUALIS

Classificação CAPES/QUALIS: A3

 

Manual de Boas Práticas Editoriais - ANPAD

Esta revista adota o Manual de Boas Práticas da ANPAD

Link para download: http://www.anpad.org.br/diversos/boas_praticas.pdf

 

Indexadores

The IJSM is indexing by:

                           
     
  
     
 
     
                                                                                                                                         
     
     
     
     
     
     

 

Taxa de Processamento de Artigos

Este periódico não cobra as seguintes taxas

  • Submissão de artigo: Gratuito R$ 0,00.
  • Avaliação de artigo: Gratuito R$ 0,00.
  • Publicação de artigo: Gratuito R$ 0,00. 

 

 

Política Anti-plágio

Todos os artigos encaminhados à Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE), passarão pela verificação de similaridade do Oxsico.

A Revista segue as normas internacionais relativas aos trabalhos plagiados. Rejeita, em absoluto, todas as formas de plágio e só publica artigos com a garantia, por parte dos autores, da originalidade dos seus trabalhos.

Os editores estarão atentos aos processos de autoplágio e farão, sempre que julguem oportuno, recomendações aos autores.

No caso de algum autor apresentar à Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE), um trabalho total ou parcialmente plagiado, ser-lhe-á vedado, definitivamente, o acesso à possibilidade de publicação. Esta diretiva será, obrigatoriamente, transmitida aos autores e ser-lhes-á garantido o direito de resposta.