Cooperação entre Membros de Grupos de Pesquisa em Estratégia no Brasil

Eluiza Alberto Watanabe, Adalmir Oliveira Gomes, Valmir Emil Hoffmann

Resumo


O objetivo do estudo é descrever a relação entre produção científica e cooperação entre membros de grupos de pesquisa em estratégia no Brasil. Para tanto, foram consideradas 474 publicações, no período de 2005 a 2011, de membros de 21 grupos formais de pesquisa. Com base na análise de redes sociais, foram caracterizadas as redes formadas por grupos de pesquisa e outras instituições, considerando coautorias em publicações científicas. Os resultados indicam a existências de redes esparsas, com predomínio de ligações fracas e estruturas do tipo centro-periferia. Os grupos mais centrais são os que mais se envolvem com instituições externas, o que parece indicar que esses grupos obtêm tanto benefícios associados à posição de centralidade, quanto benefícios referentes à conexão com atores periféricos. Os grupos centrais também são os que mais publicam, sugerindo que a conectividade tende a potencializar a produção científica em estratégia, um fenômeno que já vem sendo observado em outras áreas do conhecimento.

 

DOI:10.5585/riae.v12i1.1849


Palavras-chave


Estratégia; Grupos de Pesquisa; Cooperação; Análise de Redes Sociais.

Texto completo:

pdf


DOI: https://doi.org/10.5585/ijsm.v12i1.1849

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 Revista Ibero-Americana de Estratégia – RIAE

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM)
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE)
e-ISSN: 2176-0756
https://periodicos.uninove.br/index.php?journal=riae

Copyright © 2020 Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM) All rights reserved.
Revista Ibero-Americana de Estratégia (RIAE) ©2020 Todos os direitos reservados.