Conhecimento sobre o flúor por parte dos médicos pediatras e odontopediatras de Manaus

Maria Eliana Cruz de Almeida, Andrea Melo Moutinho da Costa, Shirley de Azevedo Pinto, Kathleen Rebelo de Souza, Savana de Alencar Maia

Resumo


O objetivo, neste trabalho, foi avaliar o conhecimento dos médicos pediatras e odontopediatras sobre os compostos fluoretados. Para isso, 79 médicos pediatras e 41 odontopediatras da cidade de Manaus (AM) responderam a um questionário. Os dados obtidos foram analisados pelos testes Exato, de Fisher, e Qui-quadrado, de Pearson. Mediante análise dos questionários, verificou-se que alguns polivitamínicos e medicamentos que contêm flúor são usualmente prescritos por médicos pediatras e que produtos odontológicos fluoretados são bastante utilizados pelos odontopediatras. Não foi estabelecida relação entre conhecimento e tempo de formação, a idade dos profissionais, a universidade de origem, a cidade em que trabalham e sua área de atuação. Concluiuse que o conhecimento dos médicos pediatras e odontopediatras a respeito da presença de flúor em várias fontes de ingestão mostrou-se insuficiente e preocupante no que se refere à prevenção de fluorose dentária. Por fim, os odontopediatras demonstraram possuir mais informações sobre o assunto.

Palavras-chave


Flúor. Fluorose. Médicos pediatras. Odontopediatras. Toxicidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v6i2.1162

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2007 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional