Tratamento de Hipersensibilidade Dentinária com Terapia com LED – Estudo Clínico

Diana Evelyn Wollmann, Renata Amadei Nicolau

Resumo


Introdução: Pesquisas têm demonstrado resultados satisfatórios acerca dos efeitos da terapia com LEDs (Ligth Emitting Diodes) em processos de reparo tecidual. Objetivos: O objetivo deste estudo é verificar efeito do tratamento com LED sobre hipersensibilidade dentinária. Método: Para o tratamento com terapia LED foram tratados 28 elementos dentais, com presença de hipersensibilidade dentinária. A irradiação dos elementos dentais foi realizada com LED (640±20nm), uma vez por semana durante quatro semanas. A avaliação foi realizada antes e após a terapia (semanalmente) verificando-se o nível de dor através de escala visual analógica. Resultados: Em 100% dos casos houve eliminação total de dor o que denota efetividade da terapia estudada. Conclusão: Conclui-se que o LED foi efetivo na redução do processo de hipersensibilidade dentinária nos pacientes tratados tanto em nível imediato como mediato, no qual o tempo de remissão de dor foi 38% mais rápida que a terapia convencional com fluoretos.

Palavras-chave


Fototerapia; Hipersensibilidade da Dentina; LED.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i4.2104

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.