Efeito antiedematogênico da planta Vernonia scorpioides frente ao veneno de Bothrops fonsecai e carragenina

Danielle Monteiro Pereira, José Carlos Cogo, Stella Regina Zamuner

Resumo


Introdução: Estudos farmacológicos têm demonstrado que os extratos de algumas plantas usadas na medicina tradicional possuem efeitos anti-inflamatórios, antivirais e propriedades antiofídicas. Objetivo: Avaliar o efeito antiedematogênico da planta V. scorpioides frente ao veneno Bothrops fonsecai (VBf) e da carragenina. Métodos: Dividiram-se ratos Wistar em seis grupos com quatro animais. O extrato hidroalcoólico de V. scorpioides (EHVs) foi colocado no bebedouro dos animais por cinco dias consecutivos. No quinto dia, aplicaram-se veneno (0,25 μg/pata) ou carragenina (500 μg/pata) nos ratos, conforme os grupos de tratamento, sendo avaliado o efeito edematogênico por pletismografia, em diferentes tempos. Resultados: A administração oral do EHVs, em ratos, reduziu significativamente o efeito edematogênico, na segunda e terceira hora, após receberem o VBf, e na aplicação da carragenina a redução ocorreu na terceira até a sexta hora. Conclusão: A planta V. scorpioides pode ser uma alternativa, utilizada por via oral, para controlar inflamações que impliquem em formação de edema.

Palavras-chave


Bothrops; Carragenina; Edema; Vernonia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v11n1.2862

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.