Efeito do laser GaAs em portadores de epicondilite lateral desencadeada por DORT

Jeferson de Sousa Justino, Matheus dos Santos Andrade, Sterllany Vieira Dantas, Seânia Santos Leal

Resumo


Objetivo: Verificar os efeitos da laserterapia de baixa intensidade (LBI) na dor e na funcionalidade do cotovelo. Método: A amostra, de caráter intencional, foi constituída de 12 pessoas distribuídas aleatoriamente em dois grupos, sendo: seis pessoas do grupo de intervenção (GI), que receberam a aplicação do LBI de 904 nm; e seis do grupo placebo (GP), que receberam a aplicação do LBI de 904 nm com o bico da caneta desligado. Realizaram-se sete aplicações do tipo varredura, com intervalo de 24 horas, utilizou-se a dosagem de 3 J/cm², com duração de 12 minutos e 30 segundos. Resultados: Houve redução da dor no GI (P=0,020) em comparação com a do GP (P=0,889), e a funcionalidade do cotovelo no GI aumentou (P=0,002), já no GP agravou-se (P=0,363). Conclusão: Infere-se, com base nos dados, que os efeitos da laserterapia de baixa intensidade são eficazes no tratamento da epicondilite lateral do cotovelo desencadeada por DORT.

Palavras-chave


DORT; Epicondilite lateral do úmero; Laser.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v13n1.4547

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.