Ação do ultrassom terapêutico e laser de baixa intensidade na regeneração nervosa em Rattus norvegicus

Thalita Pereira, Bruna Ster de Oliveira Ferreira, Wellington dos Santos Alves, Antonio Luis Martins Maia Filho

Resumo


Objetivos: Comparar os efeitos terapêuticos do ultrassom terapêutico e laser de baixa intensidade no tratamento de lesão do nervo ciático em Rattus norvegicus. Métodos: Utilizaram-se 15 ratos, divididos em três grupos: GC: não submetido à lesão e a nenhum tratamento; GU: submetidos à lesão do nervo ciático e tratado com UST e GL: submetidos à lesão do nervo ciático e tratado com laser 904 nm, durante 21 dias. Foram avaliados pelo IFC, mediante pegadas coletadas no período pré-operatório, 7º, 14º e 21º dias PO. Resultados: A comparação dos valores do IFC entre os três grupos apontou diferença significativa entre o GU e o GL, durante os 21 dias de tratamento, com p<0,05. Conclusão: A radiação do laser GaAs (904 nm) de baixa intensidade foi mais eficaz sobre a regeneração neuromotora dos ratos de linhagem Wistar, após axonotmese em comparação à terapia ultrassônica.

Palavras-chave


Laser; Nervo ciático; Ultrassom.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v13n1.4731

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.