Análise bilateral da resposta muscular antecipatória do tronco na dor lombar recorrente

Ângela Kazue Morita, Nise Ribeiro Marques, Marcelo Navega

Resumo


Introdução: a literatura aponta controvérsias sobre a estabilização proporcionada pela ativação antecipatória dos músculos profundos do tronco e as evidências baseadas na análise bilateral do tempo de reação muscular (onset) de sujeitos com dor lombar são escassas. Objetivos: comparar o onset muscular do tronco entre sujeitos saudáveis e com dor lombar recorrente, bem como, comparar o onset muscular entre os lados do tronco nestas populações. Métodos: 19 sujeitos com dor lombar e 19 sujeitos saudáveis executaram o teste de elevação do membro superior dominante, no qual foram coletados os sinais eletromiográficos dos músculos do tronco. Resultados: na comparação entre os grupos, sujeitos com dor lombar apresentaram respostas mais rápidas do oblíquo interno contralateral ao membro elevado (p= 0,016). Na comparação entre os lados, sujeitos saudáveis apresentaram diferença significativa entre o onset dos oblíquos internos (p= 0,043). Conclusão: a dor lombar recorrente provoca alteração das respostas motoras geradas pela perturbação postural.


Palavras-chave


Postura; Músculos abdominais; Eletromiografia; Tempo de reação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v17n2.7703

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.