Paciente portador da Síndrome de Klinefelter: apresentação de um caso clínico

Márcia Cançado Figueiredo, Mircelei Saldanha Sampaio, Vanessa Constant Barreto, Cinthya Aline das Dores Guarienti

Resumo


Neste artigo, apresenta-se um caso clínico de acompanhamento, por dez anos, de uma criança portadora da Síndrome de Klinefelter, alteração genética que afeta um cromossomo X adicional (47, XXY) de indivíduos do sexo masculino. Em 1996, a mãe procurou a Bebê Clínica – Curso de Extensão Universitária da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (FO/UFRGS) uma vez que seu fi lho era portador da Cárie Precoce da Infância ou Early childhood caries (ECC). Ele foi imediatamente inserido no programa da Bebê Clínica FO/UFRGS e recebeu tratamento educativo, curativo e preventivo, como orientações de dieta e higiene bucal, restaurações com o uso da Técnica de Tratamento Restaurador Atraumático (ART), além de ortodontia preventiva. Atualmente, a criança permanece em acompanhamento na Clínica da Disciplina de Atendimento Odontológico para Pacientes Especiais da mesma Faculdade. Concluiu-se que o programa terapêutico, a utilização de restaurações com a Técnica ART e a ortodontia preventiva podem permitir uma melhora na qualidade de vida do paciente portador dessa rara síndrome, com maloclusão dentária e perfil cárie-ativo.

Palavras-chave


Síndrome de Klinefelter. Tratamento Restaurador Atraumático-ART. Promoção de Saúde Bucal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v6i1.905

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2007 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional