Aspecto bioquímico em fígados de Rana catesbeiana (SHAW, 1802) submetida a diferentes dietas

Marcio Hipólito, Oswaldo Pinto Ribeiro Filho, Erna Elisabeth Bach

Resumo


Com o objetivo de adequar uma dieta, rãs-touro (Rana catesbeiana) foram submetidas a diferentes dietas e analisadas, posteriormente, as substâncias bioquímicas de seu fígado. As dietas experimentais, com base em alimentos contendo proteínas/lipídios, apresentaram 40% de proteína bruta (PB) e foram suplementadas com diferentes quantidades de óleo de soja (OS) (tratamento 1: 6% de OS; tratamento 2: 9% OS, e tratamento 3: 12% OS). A dietacontrole foi um alimento comercial com 40% PB e 4% de extrato etéreo. Os animais foram avaliados depois de 30,60 e 90 dias do início da alimentação. Retiram-se extratos do fígado e quantificados em relação às proteínas, aos fenóis, à enzima peroxidase e ao glicogênio. Os animais que tiveram maior concentração de proteínas e glicogênio foram submetidos à alimentação com 9% de OS e 40% PB. Os mesmos animais apresentaram decréscimo da atividade de peroxidase e de concentração de fenóis, que podem ser os indicadores necessários para demonstrar a melhor dieta.

Palavras-chave


Fígado. Nutrição. Rã-touro. Rana catesbeiana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v6i1.907

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2007 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional