Avaliação técnica-econômica do uso da energia solar fotovoltaica em supermercados: um estudo de caso

Márcio dos Santos Almeida Júnior, Leandra Altoé

Resumo


O uso de sistemas de geração distribuída tem sido uma alternativa procurada por gestores de estabelecimentos comerciais para reduzir custos com insumos energéticos. Objetivou-se com este trabalho analisar a viabilidade técnica-econômica da instalação de um sistema solar fotovoltaico em um supermercado, localizado no município de Jacinto - Minas Gerais. O sistema foi analisado utilizando o programa PVSyst e os indicadores Valor Presente Líquido (VPL), Taxa Interna de Retorno (TIR) e Tempo de Retorno de Capital (TRC). Encontrou-se VPL de R$ 447.081,76, TIR de 24% e TRC de 4 anos e 1 mês para a aquisição à vista do sistema; e VPL de R$ 407.417,31, TIR de 19% e TRC de 5 anos para aquisição por financiamento bancário. Portanto, o emprego de energia solar em supermercados tem o potencial de aumentar a competitividade destes estabelecimentos, além de contribuir para o desenvolvimento sustentável, cada vez mais exigido pelo mercado e pela sociedade. 


Palavras-chave


Energia solar fotovoltaica; Viabilidade econômica e financeira; Setor comercial.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAS (2017). Acordo entre ENGIE e ACATS promete diminuir os gastos do setor com energia. Disponível: https://www.abras.com.br/clipping/noticias-abras/60254/acordo-entre-engie-e-acats-promete-diminuir-os-gastos-do-setor-com-energia.

ANEEL (2012). Resolução Normativa n.º 482, de 17 de abril de 2012. Estabelece as condições gerais para o acesso de microgeração e minigeração distribuída aos sistemas de distribuição de energia elétrica, o sistema de compensação de energia elétrica, e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União.

ANEEL (2015). Resolução Normativa n.º 687, de 24 de novembro de 2015. Altera a Resolução Normativa nº 482, de 17 de abril de 2012, e os Módulos 1 e 3 dos Procedimentos de Distribuição - PRODIST. Brasília, DF: Diário Oficial da União.

ANEEL (2017a). Resolução Normativa nº 786, de 17 de outubro de 2017. Altera a Resolução Normativa nº 482, de17 de abril de 2012. Brasília, DF: Diário Oficial da União.

ANEEL (2017b). Nota Técnica n° 0056/2017-SRD/ANEEL. Atualização das projeções de consumidores residenciais e comerciais com microgeração solar fotovoltaicos no horizonte 2017-2024. Brasília, DF: Agência Nacional de Energia Elétrica.

Campos, L. C. (2019). Análise da atratividade de sistemas fotovoltaicos no mercado de micro geração distribuída em municípios de pequeno e médio portes, via indicadores socioeconômicos. Estudo de caso: Município de Itajubá (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Itajubá, Itajubá, MG. Disponível: https://repositorio.unifei.edu.br/xmlui/handle/123456789/1966.

Cardio, L. G. T. (2021). Mitigating the risk of photovoltaic power generation: A complementarity model of solar irradiation in diverse regions applied to Brazil. Utilities Policy, 71, 101245. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jup.2021.101245.

Carstens, D. D. S., & Cunha, S. K. (2019). Challenges and opportunities for the growth of solar photovoltaic energy in Brazil. Energy Policy, 125, 396-404. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enpol.2018.10.063.

Castanheira, N. P. (2016). Cálculo aplicado à gestão e negócios (1a ed.) Curitiba: Intersaberes.

Dantas; F. C., Costa, E. M., & Silva, & J. L. M. (2016). Elasticidade preço e renda da demanda por energia elétrica nas regiões brasileiras: uma abordagem através de painel dinâmico. Revista de Economia, 43 (3), 1-20. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v42i3.36594.

Drumond Jr, P., Castro, R. D., & Seabra, J. A. E. (2021) Impact of tax and tariff incentives on the economic viability of residential photovoltaic systems connected to energy distribution network in Brazil. Solar Energy, 224, 462-47. DOI: https://doi.org/10.1016/j.solener.2021.06.034.

EPE (2020). Balanço Energético Nacional 2020: ano base 2019. Disponível: https://www.epe.gov.br/pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/balanco-energetico-nacional-2020.

IEA (2020). Report IEA-PVPS T1-37:202: snapshot of global PV markets 2020 Disponível: https://iea-pvps.org/wp-content/uploads/2020/04/IEA_PVPS_Snapshot_2020.pdf.

Lima, M. A., Mendes, L. F. R., Mothé, G. A., Linhares, F. G., Castro, M. P. P., Silva, M. G., & Sthel, M. S. (2020). Renewable energy in reducing greenhouse gas emissions: Reaching the goals of the Paris agreement in Brazil. Environmental Development, 33, 100504. DOI: https://doi.org/10.1016/j.envdev.2020.100504.

Luna, M. A. R., Cunha, F. B., & Torres, E. A. (2019). Solar Photovoltaic Distributed Generation in Brazil: The Case of Resolution 482/2012. Energy Procedia, 159, 484-490. DOI: https://doi.org/10.1016/j.egypro.2018.12.036.

Paim, M. A., Dalmarco, A. R., Yang, C. H., Salas, P., Lindner, S., Mercure, J. F., Guerra, J. B. S. O. A., Derani, C., Silva, T. B., & Viñuales, J. E (2019). Evaluating regulatory strategies for mitigating hydrological risk in Brazil through diversification of its electricity mix. Energy Policy, 128, 393-401. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enpol.2018.12.064.

Paines, P. A., Vignochi, L., & Possamai, O. (2018). Simulação de sistema fotovoltaico para o setor comercial. Exacta, 16 (3), 17-30. DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v16n3.7579.

Pereira, E. B., Martins, F. R., Gonçalves, A. G., Costa, R. S., Lima, F. J. L., Rüther, R., Abreu, S. L., Tiepolo, G. M., Pereira, S. V., & Souza., J. G (2017). Atlas brasileiro de energia solar (2a ed). São José dos Campos: INPE. Disponível: http://labren.ccst.inpe.br/atlas_2017.html.

Peroni, M. B. (2018). Viabilidade econômico-financeira e barreiras para o avanço da energia solar fotovoltaica no setor de supermercados (Tese de Doutorado). Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, RJ. Disponível: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/24123.

PVSyst (2019). Software PVSyst V 6.88. Disponível: https://www.pvsyst.com/download-pvsyst.

Ramos, L. C., Oliveira, G. G., Gouvêa, M. T., Amaral, M. A., Guimarães, H. P., & Rosa, M. T. M. G. (2021). Análise da viabilidade e dimensionamento de placas fotovoltaicas para uma microempresa do setor de alimentos. Brazilian Journal of Development, 7 (8), 29593-29614. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv7n3-599.

Rigo, P. D., Siluk, J. C. M., Lacerda, D. P, Rosa, C. B., & Redisk, G. (2019) Is the success of small-scale photovoltaic solar energy generation achievable in Brazil? Journal of Cleaner Production, 240, 118243. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2019.118243.

Romeral, P. A. A. F., Lima, M. T., Dalto, J. L. (2017) Análise de viabilidade econômico-financeira para a implementação de um sistema fotovoltaico em uma distribuidora de peças automotivas na cidade de Londrina - PR. Revista Produção Industrial & Serviços, 4 (2), 77-90. Disponível: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/rev_prod/article/view/52379.

Villamarim, J. A. (2016). Análise da viabilidade técnica-econômica de um sistema eólico-fotovoltaico com conexão à rede elétrica suprindo uma estação rádio base de telefonia celular no estado de São Paulo-SP (Dissertação de Mestrado). Universidade de São Paulo, SP. Disponível: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-23012017-150207/pt-br.php.




DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.2021.19371

Direitos autorais 2021 Exacta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional