A construção do olhar do turista: uma análise iconográfica a partir da revista a estrada de rodagem (1922 - 1923)

Vania Silva, Thiago Allis

Resumo


Objetivo do estudo: Entender o papel da imprensa especializada no desenvolvimento do turismo, particularmente quanto à emergência do rodoviarismo no início do século XX no estado de São Paulo.
Metodologia/abordagem: Investigação iconográfica, composta por análise iconográfica e interpretação iconológica (Kossoy, 2009) de imagens e textos sobre turismo, e de seu contexto, presentes na revista “A Estrada de Rodagem” (1922-1923), órgão de propaganda da Associação de Estradas de Rodagem (AER). Para embasar a interpretação iconológica, foram utilizados conceitos quanto à construção do olhar do turista (Urry & Larsen, 2011), especialmente às viagens imaginativas. Também estão presentes os referenciais que ajudam a conhecer o contexto de construção de estradas do início do século XX, período que propiciou a criação da Revista.
Originalidade/Relevância: A análise de imagens da imprensa com a metodologia de Kossoy (2009) é inédita nos estudos relativos à história do turismo. Compreender o papel do turismo no processo mostra sua relevância na própria criação e consolidação de culturas rodoviárias emergentes, que, como o estudo mostra, tiveram nas narrativas (proto)turísticas parte de seu argumento.
Principais resultados: Identificaram-se aspectos que, de alguma forma, ajudaram a difundir as viagens em automóvel pelas estradas paulistas recém-construídas, ao mesmo tempo que o turismo – ainda incipiente – era apontado como prática social e estratégia de comunicação.
Contribuições teóricas/metodológicas: O estudo aborda o conceito de viagens imaginativas aliado a uma metodologia de análise de fotografia na imprensa da década de 1920. Traz à discussão as mobilidades como categoria de análise complexa, em associação com estudos de comunicação.

 


Palavras-chave


História do turismo; Investigação iconográfica; Estrada de rodagem; São Paulo (Estado)

Texto completo:

PDF

Referências


A inauguração da estrada São Paulo a São Roque. (1922, Setembro). A Estrada de Rodagem, 15.

As estradas de rodagem no interior. (1922, Junho). A Estrada de Rodagem, 13.

As vantagens da estrada de rodagem. (1922, Setembro). A Estrada de Rodagem, 15.

Capa. (1923, Janeiro). A Estrada de Rodagem, 19.

Castro, C. (2001). A Natureza Turística do Rio de Janeiro. In: A. Banducci, M. Barreto (Ed.), Turismo e identidade local: uma visão antropológica. (Coleção Turismo, pp. 117-125). Papirus.

Debes, C. (1993). Washington Luís (1869-1924). Imprensa Oficial do Estado de São Paulo.

Giucci, G. (2004). A vida cultural do automóvel: percursos da modernidade cinética. Civilização Brasileira.

IPT. (s.d.). 100 anos da ponte pênsil de São Vicente. Recuperado de: www.ipt.br/institucional/campanhas/42100_anos_da_ponte_pensil_de_sao_vicente.htm.

Kossoy, B. (2002). Realidades e ficções na trama fotográfica. Ateliê Editorial.

Kossoy, B. (2007). Os tempos da fotografia: o efêmero e o perpétuo. Ateliê Editorial.

Kossoy, B. (2009). Fotografia & História. 3ª ed. Ateliê Editorial.

Martins, A. L. (2008). Revistas em revista: imprensa e práticas culturais em tempos de República. São Paulo (1890-1922). EDUSP, Fapesp.

Memória Política de Santa Catarina. (2020). Biografia Joe Collaço. Recuperado de http://memoriapolitica.alesc.sc.gov.br/biografia/508-Joe_Collaco. Acesso em: 2021-06-25

Os itinerários da A.P.E.R. (1922, Julho). A Estrada de Rodagem, 14.

Pereira, R. M. (2010). Washington Luís na administração de São Paulo (1914-1919). Editora UNESP.

Reis, N. G. (1998). Cultura e estratégias de desenvolvimento. Caderno pesquisa LAP. FAU-USP.

Silva, V. (2019). Mobilidades e viagens imaginativas: o papel da Associação de Estradas de Rodagem para o turismo em São Paulo (1919-2019). Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento do Turismo) – Escola de Artes, Ciências e Humanidades, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019. DOI: https://doi.org/10.11606/D.100.2019.tde-19112019-171501. Acesso em: 2021-06-25.

Simis, A. (2015). Estado e cinema no Brasil. Editora Unesp.

Sontag, S. (2004). Sobre fotografia. Companhia das Letras.

Urry, J. & Larsen, J. (2011). The tourist gaze 3.0.Sage.

Urry, J. (2007). Mobilities.: Polity Press.




DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v10i3.17679

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional