Osteoporose: conhecimento e prevenção nas UBSs na visão dos coordenadores da Subprefeitura de Pirituba/SP

Andrea Marques Berbel, Daiane Aparecida de Carvalho, Victor Francisco de Souza

Resumo


A prevenção à osteoporose tornou-se importante para a saúde pública em razão do crescente número de idosos. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) são os meios mais adequados para divulgar as pessoas orientações sobre seu tratamento e prevenção. Por meio de questionário, foi verificado o conhecimento e as práticas preventivas referentes à osteoporose, desenvolvidas nas UBSs de Pirituba, São Paulo (SP) das quais participam do programa Saúde da Família. Observamos que, em 5 das 11 UBSs, as enfermeiras não souberam determinar números de pacientes diagnosticados. Quando questionadas sobre os fatores de risco, todas as participantes optaram pela resposta correta, porem ficou evidente a dificuldade da detecção dos sintomas. Em 5 UBSs o diagnóstico precoce e a prevenção são passadas de forma indireta em conjunto com as orientações gerais de outras doenças. Concluímos que é primordial investir na educação desses profissionais, pois as atividades atuais não suprem as necessidades da população.

Palavras-chave


Osteoporose; Prevenção primária; Serviços básicos de saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i1.1453

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.