Avaliação do ácido lático em indivíduos saudáveis após utilização de EENM em músculo tibial anterior com protocolos de repouso diferentes

Fernanda Ishida Corrêa, Guilherme Cardoni Ramos, Filipo Almeida Schiffini, André de Almeida Tessarolo, André de Souza Melo, Luciana Maria Malosá Sampaio, João Carlos Ferrari Corrêa

Resumo


O objetivo deste trabalho é verificar, em indivíduos saudáveis, o tempo de repouso necessário para a reabsorção do ácido láctico, evitando, assim, a fadiga muscular. Foram coletadas amostras de sangue de 18 indivíduos, em sete momentos. Utilizou-se uma corrente quadrada e bifásica com 50 Hz, com t”on” de 10 seg., e t”off” variável a cada sessão: 10 seg. (protocolo 1) e 60 seg. (protocolo 2), sobre o ponto motor do músculo tibial anterior. Após as coletas do sangue, foi feita a lactacidemia, método eletroenzimático. Observou-se que não houve diferença estatisticamente significante (p<0,05) entre os protocolos 1 (1,35±0,22) e 2 (1,24±0,12). Com base nos resultados, pode-se afirmar que a ferramenta de mensuração, utilizada neste estudo, lactacidemia, não se mostrou eficaz na detecção e mensuração da fadiga muscular do músculo tibial anterior, o que inviabilizou a verificação do tempo ideal de repouso (t”off”), sendo necessários mais estudos em busca de protocolos seguros.

Palavras-chave


Ácido láctico; Estimulação elétrica; Fadiga muscular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i1.1542

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.