Ação do laser de baixa potência sobre proteínas morfogenéticas em defeitos ósseos

Simone Garcia Quezini, Paulo de Tarso Camillo de Carvalho

Resumo


Objetivos: Este estudo teve como objetivo verificar a ação do Laser AsGaAl, 650 nm, sobre as BMPs em defeitos ósseos induzidos em fêmures de ratos. Método: Os fêmures de 12 ratos Wistar foram submetidos a defeitos ósseos produzidos por uma broca diamantada, divididos em dois grupos: 1 (BMP e laser) e 2 (BMP). Após o defeito, utilizou-se no grupo 1 o laser AsGaAl, 650 nm, sobre o defeito, por 21 dias consecutivos. Compararam-se as neoformações ósseas no grupo BMP+LLLT, (p<0,0001), entre o período de 7 a 21 dias, e no BMP (p<0,0001). Resultados: A comparação intergrupos mostrou ganho significativo no 7º dia, para o grupo BMP+LLLT (p<0,0001), para o 14º dia, com diferença de BMP+LLLT (p<0,0001) e para o 21º dia, (p<0,0001) em relação ao grupo BMP.  Conclusão: Concluímos que a associação da aplicação do laser de baixa potência e a substância osteoindutora alcançou melhor resultado do que apenas o uso das BMPs.

Palavras-chave


Biomateriais; Proteínas morfogenéticas ósseas; Remodelação Óssea.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v8i4.2041

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2009 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.