Estado nutricional e padrões de aleitamento em crianças acometidas por doenças respiratórias no Sul do Brasil

Vagner de Souza Vargas, Maria Cristina Flores Soares

Resumo


Objetivo: O objetivo desse estudo foi investigar as principais características de aleitamento até o sexto mês de vida de crianças de 0 a 59 meses que apresentaram infecção respiratória e seu estado nutricional atual. Método: Esse estudo foi realizado por meio da comparação de dois estudos transversais, de base populacional, na cidade do Rio Grande/RS, em 1995 e 2004. No segundo estudo, houve um aumento significativo na proporção de crianças com déficit de altura/idade. Resultados: As curvas de amamentação exclusiva e amamentação predominante mostraram uma queda progressiva dessa prática até o sexto mês, sendo o aleitamento misto predominante na prática de alimentação infantil, mais comum entre as crianças com doenças respiratórias dessa cidade. Conclusão: Portanto, apesar da difusão dos benefícios da amamentação exclusiva, essa prática é pouco utilizada em Rio Grande/RS.

Palavras-chave


Alimentação; Amamentação; Crianças; Infecção respiratória

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v9i2.2155

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2010 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.