Efeitos do treinamento resistido nas respostas sanguíneas, composição corporal e taxa metabólica basal em diabéticos tipo II

Moisés Simão Santa Rosa de Sousa, Josenaldo Mendes de Sousa, Alam Saraiva, Claudio Melibeu Bentes, Humberto Lameira Miranda, Jefferson da Silva Novaes

Resumo


Introdução: O treinamento resistido (TR) pode trazer benefícios nas variáveis sanguíneas, no metabolismo e na composição corporal em diabéticos. Objetivo: Verificar os efeitos de 12 semanas de TR nas respostas sanguíneas, na composição corporal e na taxa metabólica basal (TMB) e verificar as suas associações. Método: Foram analisados, em 34 portadores de diabetes tipo II, composição corporal e amostras sanguíneas (leptina, glicemia e insulina) antes e depois do TR. Resultados: Observaram-se reduções significativas na leptina, massa corporal, IMC, percentual de gordura e massa gorda e uma correlação da leptina vs. IMC, % de gordura vs. peso gordo antes e depois do treinamento; e com a insulina, após o treinamento. A TMB correlacionou-se com o IMC, % de gordura, peso gordo e massa magra, antes e depois do treinamento. Conclusão: Um programa de 12 semanas de TR mostrou-se eficaz na melhoria da saúde do diabético tipo II.

Palavras-chave


Diabetes melito; Leptina; Treinamento; Metabolismo; Tecido adiposo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n1.3854

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.