Registros eletromiográficos para ilustrar as aulas de fisiologia neuromuscular

Diogo Correa Maldonado, Márcio Cantuário Ferreira, Renata Patrícia Pudo Ribeiro, Adriana Ferreira Grosso

Resumo


Um indivíduo pode mudar sua posição no espaço e aplicar forças mecânicas no ambiente porque há movimento de seus músculos (contração muscular) e geração de força. A partir de fenômenos elétricos, os potenciais de ação e as fibras musculares se contraem. O conhecimento dos processos fisiológicos que envolvem a unidade motora é o ponto fundamental para os estudos eletromiográficos. Pela eletromiografia, os fisioterapeutas podem avaliar a integridade neuromuscular de seus pacientes e, com isso, estabelecer o tratamento correspondente. O objetivo deste trabalho foi acompanhar as interações neuromusculares por meio da eletromiografia do músculo reto femoral saudável, para propor um protocolo experimental que vem demonstrar, na prática, toda a interação neuromuscular, auxiliando graduandos em fisioterapia a compreender a teoria da fisiologia do controle motor.

Palavras-chave


Eletromiografia. Fisiologia neuromuscular. Unidade motora.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v4i0.398

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2005 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.