Efeitos agudos do aquecimento específico e exercícios de mobilidade articular no desempenho de repetições máximas e volume de treinamento

Bianca Ferreira Nunes da Silva, Pedro Henrique Leal dos Santos, Rodrigo Barreto da Glória, Jênnifer Silva Brito, Adriano Ferreira Pinho, Marcus Paulo Araújo, Gabriel Andrade Paz, Humberto Miranda

Resumo


Introdução: Diferentes tipos de aquecimentos podem influenciar no desempenho de força. Objetivo: Verificar o efeito agudo de dois protocolos de aquecimento (mobilidade articular e aquecimento experimental) sobre o desempenho de repetições máximas e volume de treinamento. Métodos: Participaram do estudo 14 homens (24,29 ± 4,81). Os participantes compareceram no local seis dias não consecutivos com intervalo de 48 horas entre eles, fizeram teste e reteste da carga máxima e realizaram os protocolos experimentais de aquecimentos, seguido da sessão de treinamento de força. Resultados: O volume total da sessão de treinamento (repetições x séries x carga) foi maior no protocolo de exercícios de mobilidade comparado ao protocolo com aquecimento específico. Conclusão: Portanto, parece que os exercícios de mobilidade promovem aumento agudo no desempenho de repetições máximas em exercícios para o membro inferior, quando comparado ao aquecimento específico.

Palavras-chave


Exercício; Aquecimento; Musculação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v16n1.6596

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.