Efeitos agudos da bandagem elástica na atividade muscular

Suelen Bordin, Talinara Cristine Marini, Vivian Carla Florianovicz, Leonardo Calegari, Gilnei Lopes Pimentel

Resumo


Introdução: A bandagem elástica tem sido usada principalmente na reabilitação musculoesquelética, tornando-se relevante a realização de estudos que tenham como foco os efeitos dessa intervenção. Objetivo: Analisar o efeito agudo da bandagem elástica sobre o pico de torque e amplitude eletromiográfica do músculo reto femoral. Métodos: Estudo transversal experimental, com amostra composta por oito indivíduos saudáveis do gênero feminino, com idade média de 21 anos, que realizaram a avaliação dinamométrica na velocidade de 60°/s e eletromiográfica do músculo reto femoral pré e pós aplicação da bandagem elástica. Resultados: Demonstrou-se um pico de torque pré-intervenção de 112,9 ± 43,38 Nm e após de 115,4 ± 39,18 Nm, resultando p=0.41. A amplitude eletromiográfica pré foi de 736,3 ± 307,7 μV e pós de 721,6 ±246,8μV e um p=0,79. Conclusão: A aplicação da bandagem elástica não alterou agudamente de forma significativa o pico de torque e a amplitude eletromiográfica do músculo reto femoral.

Palavras-chave


Fita atlética; Dinamômetro de força muscular; Eletromiografia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v16n3.7492

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.