Conhecimento dos graduandos de oitavo semestre do curso de Enfermagem do Centro Universitário Nove de Julho (Uninove) sobre parada cardiorrespiratória

Heliandra Holanda Reis, Gláucia Maria Medeiro Ferreira

Resumo


A maioria das vítimas de parada cardiorrespiratória (PCR) morre por falta de atendimento emergencial adequado, que deve ser rápido e organizado para evitar danos neurológicos (pós-PCR) aos pacientes. Esses procedimentos são decisivos para um atendimento efi ciente e efi caz, prevenindo complicações irreversíveis que podem levar o paciente ao óbito. Este estudo buscou identifi car o conhecimento dos estudantes do último semestre do curso de Enfermagem da Uninove quanto ao atendimento a PCR, utilizandose a técnica quantitativo-descritiva, com 172 graduandosdo oitavo semestre do referido curso, nas unidades Vila Maria (VM) e Memorial (MM). Constatou-se que 63% das respostas foram corretas, e 37%, erradas. A análise dos dados possibilitou identifi car que, embora representada por uma minoria dos respondentes, é grande a quantidade de erros; entretanto, os graduandos em estudo estão teoricamente capacitados a atender indivíduos com PCR.

Palavras-chave


Infarto do miocárdio. Parada cardíaca. Ressuscitação cardiopulmonar.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v6i1.915

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2007 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional