Sistemas cerâmicos reforçados e suas indicações

Waldyr Romão Junior, Flávio Rosa de Oliveira

Resumo


Este artigo trata da revisão dos sistemas cerâmicos e dos desenvolvimentos recentes verificados nos processos de confecção de restaurações de cerâmicas, livre de metal, por meio da análise das infra-estruturas dos sistemas PROCERA®, IN-CERAM, IPS EMPRESS e IPS EMPRESSII. A resistência mecânica dos materiais odontológicos tem despertado o interesse de muitos especialistas, o que justifica o aprofundamento de diversos trabalhos de pesquisa nesse tema. O avanço tecnológico, resultado da busca incessante por aperfeiçoamento na área odontológica, permitiu tanto o desenvolvimento quanto a introdução dos materiais cerâmicos, surgidos com o fito de suprir as deficiências inerentes às restaurações metal cerâmicas. Os resultados apresentados em pesquisas laboratoriais ressaltam, cada vez mais, o bom desempenho biomecânico alcançado por esses sistemas, o que possibilita a restauração de vários segmentos da cavidade bucal com alto padrão estético, devolvendo ao paciente uma condição de saúde bucal que resulta na harmonia do seu sorriso.

Palavras-chave


Cerâmicas reforçadas. Sistemas cerâmicos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v6i1.918

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2007 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional