Impactos da tecnologia da informação e comunicação nos processos de gestão de pessoas: um estudo de múltiplos casos no setor hoteleiro

Jéssyca Rodrigues Henrique da Silva, Leilianne Michelle Trindade da Silva Barreto, Luiz Mendes Filho

Resumo


Objetivo do estudo: Investigar os impactos do uso da tecnologia da informação e comunicação nos processos de gestão de pessoas no setor hoteleiro.
Metodologia/Abordagem: Desenvolveu-se uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva. Dez empreendimentos hoteleiros foram investigados com o intuito de identificar a inserção das aplicações tecnológicas nos seguintes processos: recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desempenho e remuneração e recompensa dos colaboradores. Foram realizadas entrevistas com os gestores da área em cada empreendimento, e os dados foram analisados por meio do método de análise de conteúdo, com o auxílio do software NVivo.
Originalidade/Relevância: Preenche uma lacuna caracterizada pelos poucos estudos em torno do uso do e-RH na hotelaria brasileira, onde a tecnologia e a gestão de pessoas são duas áreas que geram valor e competitividade organizacional.
Principais resultados: A maioria dos hotéis apresentou uma gestão de pessoas pouco estruturada em termos tecnológicos, dependente de outras áreas e com processos tradicionais. Embora existam impactos tecnológicos, estes se encontram em fase inicial e longe de um planejamento estratégico abrangente. Existe maior esforço tecnológico em algumas atividades de gestão de pessoas, enquanto em outras, esse aspecto ainda é deficiente.
Contribuições teóricas/metodológicas: Para que os hotéis em estudo venham a melhorar seus processos de gestão de pessoas através da tecnologia da informação e comunicação, não são suficientes apenas mudanças pontuais; existe a necessidade de um processo de transformações mais amplas, que envolvam os aspectos valorativos e culturais dos membros da organização.


Palavras-chave


Gestão de pessoas; Tecnologia da informação e comunicação; Recursos Humanos Eletrônicos (e-RH); Hotelaria.

Texto completo:

PDF

Referências


Al-Harazneh, Y. M., & Sila, I. (2021). The impact of e-HRM usage on HRM effectiveness: highlighting the roles of top management support, HR professionals, and line managers. Journal of Global Information Management, 29(2), 118-147. https://doi.org/10.4018/JGIM.2021030107

Associação Brasileira de Industria de Hotéis - ABIH. (2017). Hotelaria do RN é avaliada como a melhor do Brasil. Recuperado em 06 de dezembro de 2018, de http://www.abihrn.com.br/hotelaria-do-rn-e-avaliada-como-a-melhor-do-brasil/

Bardin, L. (1977). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Barreto, L. M. T. S., Silva, J. R. H., Claudino, A. L., & Araújo, M. S. (2022). Gestão de pessoas no turismo: revisão da literatura internacional no recorte temporal de 2016 a 2020. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, 16, e-2597. https://doi.org/10.7784/rbtur.v16.2597

Baum, T., Kralj, A., Robinson, R. N. S., & Solnet, D. J. (2016). Tourism workforce research: a review, taxonomy and agenda. Annals of Tourism Research, 60, 1–22. https://doi.org/10.1016/j.annals.2016.04.003

Bavik, A. (2016). Developing a new hospitality industry organizational culture scale. International Journal of Hospitality Management, 58, 44-55. https://doi.org/10.1016/j.ijhm.2016.07.005

Bolaños, J. P., & Nieves, J. (2020). Impacto de las prácticas de recursos humanos en el capital humano y los resultados organizativos de las empresas hoteleras. Cuadernos de Turismo, (45), 311-332. https://doi.org/10.6018/turismo.426151

Bondarouk, T., Parry, E., & Furtmueller, E. (2016). Electronic HRM: four decades of research on adoption and consequences. The International Journal of Human Resource Management, 1-34. http://dx.doi.org/10.1080/09585192.2016.1245672

Cardoso, C. F., & Pestana, T. M. (2001). O papel do treinamento na empresa. In G. Boog, Manual de Treinamento e Desenvolvimento. São Paulo: Pearson.

Cassiano, C. N., Lima, L. C., & Zuppani, T. S. (2016). A eficiência das redes sociais em processos de recrutamento organizacional. Navus, 6, 52-67. https://doi.org/10.22279/navus.2016.v6n2.p52-67.362

Costa, R. T., & Fischer, A. L. (2002). E-RH: O impacto da tecnologia para a gentão competiviva de recursos humanos. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil. https://docplayer.com.br/1675205-E-rh-o-impacto-da-tecnologia-para-a-gestao-competitiva-de-recursos-humanos.html

Comazzetto, L. R., Perrone, C. M., Vasconcellos, S. J. L., & Gonçalves, J. (2016). A Geração Y no mercado de trabalho: um estudo comparativo entre gerações. Psicologia: ciência e profissão, 36(1), 145-157. https://doi.org/10.1590/1982-3703001352014

Dulebohn, J. H., & Jonhson, R. D. (2013). Human resource metrics and decision support: a classification framework. Human Resource Management Review, 23, 71-83. https://doi.org/10.1016/j.hrmr.2012.06.005

Dutra, J. S. (2009). Gestão de pessoas: modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas.

Erdogmus, N., & Esen, M. (2011). An investigation of the effects of technology readiness on technology acceptance in e-HRM. Procedia Social and Behavioral Sciences, 24, 487-495. https://doi.org/10.1016/j.sbspro.2011.09.131

Francis, H., Parkes, C., & Reddington, M. (2014). E-HR and international HRM: a critical perspective on the discursive framing of e-HR. The International Journal og Human Resource, 25(10), 1327-1350. https://doi.org/10.1080/09585192.2013.870309

G1RN. (2017). Natal perde 5% dos leitos de hospedagem em 5 anos. Recuperado em 05 de março de 2018, de https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/natal-perde-5-dos-leitos-de-hospedagem-em-cinco-anos.ghtml

Gil, E. P., Hoeckesfeld, L., Silva, L. H., & Pereira, C. M. D. (2020). Training and development from the management`s viewpoint: a case study in the food sector. Navus, 10, 01-14. http://dx.doi.org/10.22279/navus.2020.v10.p01-14.1194

Gjika, I., & Pano, N. (2020). Effects of ICT in Albanian tourism business. Academic Journal of Interdisciplinary Studies, 9(6). 252-263. https://doi.org/10.36941/ajis-2020-0129

Gomes, A. F. P (2011). Recrutamento nas redes sociais on-line. Dissertação de Mestrado em Recursos Humanos. Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, Portugal. https://www.repository.utl.pt/bitstream/10400.5/3394/1/Recrutamento%20redes%20sociais%20on-line.pdf

Gonzalez, R., Gasco, J., & Llopis, J. (2020). Information and communication technologies and human resources in hospitality and tourism. International Journal of Contemporary Hospitality Management, 32(11), 3545–3579. https://doi.org/10.1108/IJCHM-04-2020-0272

Gossling, S. (2021). Tourism, technology and ICT: a critical review of affordances and concessions. Journal of Sustainanable Tourism, 29(5), 733-750. https://doi.org/10.1080/09669582.2021.1873353

Goyal, C., & Patwardhan, M. (2021). Strengthening work engagement through high-performance human resource practices. International Journal of Productivity and Performance Management, 70(8), 2052-2069. https://doi.org/10.1108/IJPPM-03-2020-0098

Gretzel, U., Fuchs, M., Baggio, R., Hoepken, W., Law, R. Neidhart, J., Pesonen, J., Zanker, M., & Xiang, Z. (2020). E-tourism beyond COVID-19: a call for transformative research. Journal of Information Technology & Tourism, 22, 187-203. https://doi.org/10.1007/s40558-020-00181-3

Guimarães, S. A., & Borges, M. P. (2008). E-turismo: internet e negócios do turismo. São Paulo: Cengage Learning.

Hsieh, P. J., Chen, C. C., & Liu, W. (2019). Integrating talent cultivation tools to enact a knowledge-oriented culture and achieve organizational talent cultivation strategies, Knowledge Management Research & Practice, 17(1), 108-124. https://doi.org/10.1080/14778238.2019.1571872

Iqbal, S., Rasheed, M., Khan, H., & Siddiqi, A. (2020). Human resource practices and organizational innovation capability: role of knowledge management. VINE Journal of Information and Knowledge Management Systems. https://doi.org/10.1108/VJIKMS-02-2020-0033

Khashman, A. M. (2019). The impact of electronic-human resource management (E-HRM) strategies on organizational innovation by knowledge repository as mediating role, International Journal of Web Portals, 11(1), 19-29. https://doi.org/10.4018/IJWP.2019010102

Khashman, A. M., & Al-Ryalat, H. A. (2015). The impact of electronic human resource management (E-HRM) practices on business performance in Jordanian telecommunications. Jounal of Management Research, 7(3), 115-129. https://doi.org/10.5296/jmr.v7i3.7462

Ladkin, A., & Buhalis, D. (2016). Online and social media recruitment: hospitality employer and prospective considerations. International Journal of Contemporary Hospitality, 28(2), 327-345. https://doi.org/10.1108/IJCHM-05-2014-0218

Lemes, A. G., & Weschenfelder, G. A. (2016). A eficiência das redes sociais virtuais nos processos de recrutamento e seleção. Gestão Contemporânea: Revista de Negócios da Cesuca, 19-39. https://doi.org/10.22279/navus.2016.v6n2.p52-67.362

Lima, T. B., & Amaral, E. V. (2018). A percepção dos colaboradores de um hotel da capital paraibana sobre a política de recrutamento e seleção. Revista de Turismo Contemporâneo, 6(1), 66-89. https://doi.org/10.21680/2357-8211.2018v6n1ID11426

Limongi-França, A. C. (2012). Práticas de recursos humanos: conceitos, ferramentas e procedimentos. São Paulo: Atlas.

Ma, L., & Ye, M. (2015). The role of electronic human resource management in contemporary human resource management. Open Journal of Social Sciences, 3, 71-78. https://doi.org/10.4236/jss.2015.34009

Machado, L. M. (2016). A influência da informação publicada nas redes sociais no processo de recrutamento e seleção: um estudo exploratório. Atoz: Novas Práticas em Informação e Conhecimento, 5(1), 10-20. https://doi.org/10.5380/atoz.v5i1.44035

Markoulli, M. P., Lee, C. I. S. G., Byington, E., & Felps, W. A. (2017). Mapping human resource management: reviewing the field and charting future directions. Human Resource Management Review, 27(3), 367-396. https://doi.org/10.1016/j.hrmr.2016.10.001

Marras, J. P. (Org.). (2010). Gestão estratégica de pessoas: conceitos e tendências. São Paulo: Saraiva.

Masum, A. K. (2015). Adoption factors of electronic human resource management (e-HRM) in banking industry of Bangladesh. Jounal of Social Sciences, 11(1), 1-6. https://doi.org/10.3844/jssp.2015.1.6

Milovanović, S., Bogdanović, Z., Labus, A., Despotović-Zrakić, M., & Mitrović, S. (2022). Social recruiting: an application of social network analysis for preselection of candidates, Data Technologies and Applications. https://doi.org/10.1108/DTA-01-2021-0021

Minhas, A. H., Shaiq, M. D., Qureshi, S. A., Cheema, D. A., Hussain, S., & Khan, K. U. (2022). An efficient algorithm for ranking candidates in e-recruitment system. In: XVI International Conference on Ubiquitous Information Management and Communication. Coréia do Sul. https://doi.org/10.1109/IMCOM53663.2022.9721629

Nasar, N., Ray, S., Umer, S., & Pandey, H. M. (2021). Design and data analytics of electronic human resource management activities through internet of things in an organization. Journal of Software: practice and experience, 51, 2411-2427. https://doi.org/10.1002/spe.2817

Norman, T. J. Christodoulidou, N., & Rothenberger, M. (2014). Technology outsourcing in human resource activities in hospitality. Journal of Hospitality and Tourism Technology, 5(1), 50-61. https://doi.org/10.1108/JHTT-07-2012-0021

Olivas-Lujan, M., Ramirez, J., & Zapata-Cantu, L. (2007). e-HRM in Mexico: adapting innovations for global competitiveness. International Journal of Manpower, 28(5), 418-434. https://doi.org/10.1108/01437720710778402

OMT. (2001). Introdução ao turismo. São Paulo: Rocas.

Pagán-Castaño, E., Maseda-Moreno, A., & Santos-Rojo, C. (2020). Wellbeing in work environments. Journal of Business Research, 469–474. https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2019.12.007

Rawashdeh, A. M., Elayan, M. B., Alhyasat, W., & Shamout, M. D. (2021). Electronic human resources management perceived usefulness, perceived ease of use and continuance usage intention: the mediating role of user satisfaction in jordanian hotels sector. International Journal for Quality Research, 15(2) 679–696. https://doi.org/10.24874/IJQR15.02-20

Ramos, A., Mendes Filho, L. A. M., & Lobianco, M. M. (2017). Sistemas e tecnologia da informação no turismo: um enfoque gerencial. Curitiba: Prismas.

Santos, M. R. G., Braga Junior, S. S., Alonso Junior, N., Silva, D., Vaz, M., Ramos, A. L., & Fanchin, M. (2010). A educação à distância como estratégia educacional nas organizações. Anais do VII Simpósio de Exelencia em Gestão e Tecnologia - SEGeT, Rezende, RJ, Brasil. https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos10/427_Artigo_Estrategia_EAD.pdf

Silva, J. R. H. (2019). Impactos da tecnologia nos processos de gestão de pessoas: um estudo no setor hoteleiro. Dissertação de Mestrado em Turismo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, Brasil. https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/27275/1/Impactostecnologiaprocessos_Silva_2019.pdf

Silva, J. R. H, & Barreto, L. M. T. S. (2018). Impactos da tecnologia no recrutamento e seleção de pessoas: um estudo no setor hoteleiro. Anais do XV Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Turismo - ANPTUR, São Paulo, SP, Brasil. https://www.anptur.org.br/anais/anais/files/15/1049.pdf

Silva, J. R. H. & Barreto, L. M. T. S. (2021). Percepções e práticas de e-learning sob a ótica de gestores da rede hoteleira de Natal-RN [Brasil]: um estudo de múltiplos casos. Rosa dos Ventos - Turismo e Hospitalidade, 1(4). http://dx.doi.org/10.18226/21789061.v13i4p1133

Silva, J. R. H., Lima, D. S. M., & Mendes Filho, L. (2020). Tecnologia da Informação e Comunicação como ferramenta de aprendizagem: um estudo de casos múltiplos em agências de viagens de Natal/RN. Revista de Turismo Contemporâneo, 8(2), 222-250. https://doi.org/10.21680/2357-8211.2020v8n2ID20158

Silva, J. R. H., Mendes Filho, L., & Barreto, L. M. T. S. (2018). Uso das Redes Sociais para se Promover no Mercado de Trabalho: um estudo com bacharéis e estudantes de Turismo em Natal, RN, Brasil. Revista Turismo em Análise, 29(3), 428-446. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v29i3p428-446

Souza Neto, A. R., Dias, G. F., Ramos, A. S., Martins, I. F., & Souza Neto, M. V. (2015). Recrutamento e seleção nas redes sociais: a percepção dos estudantes de administração da UFRN. Organizações em Contexto, 11(22), 313-346. https://doi.org/10.15603/1982-8756/roc.v11n22p313-346

Tanke, M. L. (2004). Administração de recursos humanos. São Paulo: Thompson Learning.

Torres, E. N., & Mejia, C. (2017). Asynchronous video interviews in the hospitality industry: considerations for virtual employee selection. International Journal of Hospitality Management, 61, 4–13. https://doi.org/10.1016/j.ijhm.2016.10.012

Vasconcelos, I., Mascarenhas, A. O., & Vasconcelos, F. C. (2004). Paradoxos organizacionais, gestão de pessoas e tecnologia na Souza Cruz. RAE-eletrônica, 3(2), 1-20. https://doi.org/10.1590/S1676-56482004000200010

Yin, R. K. (2005). Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.




DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v11i3.19576

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional