Ceratoacancoma do lábio inferior: ainda um problema de diagnóstico

Cristiane Miranda França, Mônica Andrade Lotufo, Jayro Guimarães Júnior, Victor Piana de Andrade, Marcia Maria Altavista Romão, Celso Augusto Lemos Júnior

Resumo


Resumo Introdução: O ceratoacantoma é uma lesão que pode mimetizar clínica e histologicamente o carcinoma espinocelular, sendo discutível a distinção entre as duas lesões. As lesões típicas consistem em um nódulo firme, em forma de cúpula, com 1 a 2 centímetros de diâmetro e uma cratera central preenchida com queratina. Objetivo: Apresentar um caso atípico de uma mulher de 43 anos que apresentava uma lesão solitária de queratoacantoma no lábio inferior, com uma história de dois anos de evolução e erros de tratamento e discutir a dificuldade no processo de diagnóstico. Conclusão: Devido à raridade da lesão e sua semelhança com o carcinoma, o clínico geral deve explicar ao paciente que os aspectos clínicos não são conclusivos do diagnóstico e que a aquisição correta do espécime cirúrgico são cruciais para a análise histopatológica correta e para o diagnóstico conclusivo.

Palavras-chave


Câncer oral; Carcinoma espinocelular; Ceratoacantoma; Diagnóstico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v9i4.2335

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2010 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.