Sujeitos com Síndrome da Dor Patelofemoral apresentam fraqueza muscular e menores cargas plantares - Relato de Caso

Lisiane Piazza, Marcelo Luza, Marlon Francys Vidmar, Graziela Morgana Silva Tavares, Gilnei Lopes Pimentel, Gilmar Moraes Santos

Resumo


Introdução: A Síndrome da Dor Patelofemoral (SDPF) caracteriza-se como dor difusa na região anterior do joelho. Objetivo: Avaliar a distribuição da pressão plantar durante duas atividades funcionais, subir e descer escadas, bem como torque e trabalho dos flexores e extensores do joelho em um sujeito com e um sem SDPF. Método: Realizou-se avaliação da distribuição da pressão plantar durante duas atividades funcionais, subir e descer escadas, e avaliação isocinética dos flexores e extensores do joelho, além verificar a intensidade da dor antes e após cada atividade em um indivíduo com e um sem SDPF. Resultados: O sujeito com SDPF apresentou menor tempo de contato e menores valores para a integral pressão-tempo, bem como menor pico de torque e trabalho dos flexores e extensores do joelho. Conclusão: A SDPF levou a redução da carga no membro comprometido ao subir e descer escadas e a fraqueza dos flexores e extensores do joelho.

Palavras-chave


Biomecânica; Joelho; Síndrome da Dor Patelofemoral; Torque.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v10i3.2700

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2011 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.