Disfunção temporomandibular: análise cefalométrica e fotogrametria

Fernanda Stellutti Magrini Pachioni, Aline Yoshie Aoyama, Ariane Pavia, Diogo Luis Pernas, Nathalia Ulices Savian, Cristina Elena Prado Teles Fregonesi, Cláudia Regina Sgobbi De Faria, Dalva Minonroze Albuquerque Ferreira, Célia Aparecida Stellutti Pachioni

Resumo


Introdução: A disfunção temporomandibular (DTM) caracteriza-se por alterações nos músculos mastigatórios, articulação temporomandibular e estruturas adjacentes. Alguns autores sugerem uma relação entre a postura e a DTM. Objetivos: Avaliar e analisar a postura da cabeça e coluna cervical em indivíduos com e sem DTM. Métodos: No estudo, foram incluídos 20 sujeitos do gênero feminino, com idade média de 23,30 anos, diagnosticados por meio de questionário RDC/DTM. Realizaram-se análise postural pelo software CorporisPro e cefalométrica por meio de telerradiografias. Resultados: A comparação de cada ângulo das alterações posturais obtidas pela fotogrametria e alterações das medidas avaliadas por meio da cefalometria entre os grupos, não revelou diferença significante entre o posicionamento da cabeça e coluna cervical nos voluntários com e sem DTM. Conclusão: Verifica-se que a postura da cabeça e coluna cervical dos sujeitos com DTM não é diferente da dos indivíduos sem DTM.

Palavras-chave


Circunferência craniana; Fotogrametria; Transtornos da articulação temporomandibular.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n2.4139

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.