As características do biogás e avaliação de substituição de combustíveis

João Carlos Christmann Zank, Larissa Schmoeller Brandt, Renata Camacho Bezerra, Eliane Nascimento Pereira

Resumo


A evolução das tecnologias e da legislação Brasileira em relação as energias renováveis, em especial solar e biogás, favoreceu o aumento no número de projetos e potência instalada nos últimos 5 anos. O conhecimento sobre as características do biogás é fundamental para realizar estimativas corretas durante a elaboração de projetos, dimensionamento de equipamentos e estudos de viabilidade técnica e financeira, bem como, analisar a intercambialidade entre combustíveis. Sendo que, a apresentação de características como densidade, poder calorífico e fator de compressibilidade, utilizando a ABNT NBR 15.213 de 2008 e informações presentes na literatura, são objetivos deste trabalho. O principal resultado apresentado é a possibilidade de intercambialidade do biogás com o gás natural.

 


Palavras-chave


Energias renováveis; Biogás; Fator de compressibilidade e Lei dos Gases Ideais (Equação Clapeyron).

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT NBR 15213:2008. Gás Natural – Cálculo de propriedades físico-químicas a partir da composição Devido. 2008. ABNT.

ANEEL. Agência Nacional de Energia Elétrica. Resolução Normativa nº482. 2012. Disponível em: http://www2.aneel.gov.br/cedoc/ren2012482.pdf. Acesso em: 29 set. 2018.

ANEEL. Agência Nacional de Energia Elétrica. Resolução Normativa nº687. 2015. Disponível em: http://www2.aneel.gov.br/cedoc/ren2015687.pdf. Acesso em: 29 set.2018.

ANEEL. Agência Nacional de Energia Elétrica. Banco de Informações da Geração (BIG). 2017 Disponível em: http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/capacidadebrasil/capacidadebrasil.cfm. Acesso em: 17 dez. 2017.

Avellar, L. H. N. (2001) A valorização dos subprodutos agroindustriais visando a cogeração e a redução da poluição ambiental. Teses de Doutorado - UNESP. Guaratinguetá, SP.

Beegs, H. D. (1984) Gas Production Operations, Tulsa OK: OGCI Publications.

Budzianowski, W. M. et al. (2017) Power Requirements of biogas upgrading by water scrubbing and biomethane compression: Comparative analysis of various plant configurations. Energy Conversion and Management, v. 141, p. 2-19.

Çengel, Y. A.; & Boles, M. A. (2008) Termodinâmica. 5. ed. São Paulo: McGraw-Hill.

FNR. Ministério da Nutrição Agricultura e Defesa do Consumidor da Alemanha. (BMELV) (Ed.). Guia Prático do Biogás: Geração e Utilização. 5. ed. Gülzow-prüzen: Fachagentur Nachwachsende Rohstoffe E. V. (2013) (FNR). ALEMANHA. P. 236.

Halmeman, M.C.R. et al. (2014) The Deployment of biodigester systems in rural properties. Brazilian Journal of Biosystems Enginnering, v. 8, n. 4, p. 351-360.

Ianniceli, L. A. (2008) Reaproveitamento energético do biogás de uma indústria cervejeira. Taubaté: DEM/UNITAL, Dissertação mestrado.

Lemos, M. V. D. (2013) Uso eficiente de biogás de esgoto em motores geradores. 2013. 59 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Mecânica, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

MME & EPE. Ministério de Minas e Energia, Empresa de Pesquisa Energética (2017). Plano Decenal de Expansão de Energia 2026 / Ministério de Minas e Energia. Empresa de Pesquisa Energética. Brasília, DF: MME/EPE.

Mitzlaf, K. V.(1988) Engines for biogas. Eschborn: GTZ.

OECD & FAO. Food and Agriculture Organizations of United Nations, & Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (2018). OECD-FAO Agricultural Outlook 2018-2027. OECD Publishing, Paris / Food and Agriculture Organization of the United Nations, Rome. Disponível em: https://doi.org/10.1787/agr_outlook-2018-en. Acesso em 28 set. 2018.

Okamura, L. A. (2013) Avaliação e melhoria do poder calorífico de biogás proveniente de resíduos sólidos urbanos. 80 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ciência e Tecnologia Ambiental, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba. 2013.

Sabin, G. P., Prestes, O. D., Martins, M. L., Adaime, M. B., & Zanella, R. (2011) Aumento da resposta analítica por meio da otimização do sistema de injeção em cromatografia gasosa empregando a lei dos gases ideais. Química Nova. Vol. 34, No. 3, 414-418.

Santos, J. H. T. (2004) Avaliação de um sistema de aquecimento do Substrato na Biodigestão Anaeróbia de Dejetos Suínos. 2004. 82 f. Tese (Doutorado) - Curso de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa/MG.

Santos, J.T.S. et al.(2015) Estimativa da viabilidade de produção de biogás a partir do efluente de indústrias de laticínios no estado de Sergipe utilizando modelagem e simulação. Exacta – EP, São Paulo, v. 13, n. 2, p. 229-237.

Seadi, T. (2013) Biogas Handbook. Esbjerg: University of Southern Denmark. Esbjerg.

Silva, A.R.B.(2013) Tratamento de efluentes na indústria de laticínios. 2013. 26 f. Monografia (Engenharia Química) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia/MG.

Souza, R. G. (2006) Desempenho do conjunto motogerador adaptado a biogás. 2006. 40 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Lavras, Lavras/MG.

Zachow, C. R. (2000) Biogás. 2000. 12 f. – DeTEC – Departamento de Tecnologia, UNIJUI - Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí/RS.

Zhang, C. et al. (2014) Reviewing the anerobic digestion of food waste for biogas production. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 38, p.




DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v18n3.10802

Direitos autorais 2020 Revista Exacta – Engenharia de Produção

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2020 Todos os direitos reservados.