A aplicação de um modelo estocástico para o acompanhamento da evolução da Covid-19 no município de Macaé-RJ.

Ricardo França Santos

Resumo


Poucos são os modelos estocásticos disponíveis na literatura para utilização em casos de estimativas de cenários considerando a Covid-19. Desta forma, este trabalho torna-se relevante por comparar a modelagem determinística com a modelagem estocástica no acompanhamento da evolução da pandemia em um município da região norte fluminense. Neste contexto, a problemática da pesquisa é como obter uma ferramenta de apoio à decisão para predição e monitoramento da capacidade de leitos de UTI da rede hospitalar pelos gestores municipais em virtude da evolução dos casos confirmados da Covid-19. O resultado da pesquisa mostrou que em quatro cenários prospectados a modelagem estocástica se apresenta como uma ferramenta viável desde que acompanhada pelo monitoramento do distanciamento social para avaliação da taxa de ocupação dos leitos de UTI da rede hospitalar. Este trabalho evidenciou a grande diferença na estimativa baseada em modelos determinísticos quando comparado às estimativas baseadas em modelos estocásticos.


Palavras-chave


Processos Estocásticos

Texto completo:

PDF

Referências


Almeida, R.C. Nota Técnica - Estudo preliminar sobre a evolução de casos da covid-19 no Brasil: análises e projeções. Universidade Federal do Paraná, 2020. Disponível em sites.google.com/view/rcalmeida-ufpr/.

Fraser, C., Donnelly, C. A., Cauchemez, S., Hanage, W. P., Van Kerkhove, M. D., Hollingsworth, T. D., Griffin, J., Baggaley, R. F., Jenkins, H. E., Lyons, E. J., Jombart, T., Hinsley, W. R., Grassly, N. C., Balloux, F., Ghani, A. C., Ferguson, N. M., Rambaut, A., Pybus, O. G., Lopez-Gatell, H., Alpuche-Aranda, C. M., … WHO Rapid Pandemic Assessment Collaboration (2009). Pandemic potential of a strain of influenza A (H1N1): early findings. Science (New York, N.Y.), 324(5934), 1557–1561. https://doi.org/10.1126/science.1176062.

Jarvis, C.I., Van Zandvoort, K., Gimma, A., Prem, K. Quantifying the impact of physical distance measures on the transmission of COVID-19 in the UK. BMC Med 18, 124 (2020). https://doi.org/10.1186/s12916-020-01597-8.

Kirkeby, C. (Ed.). n/a et al. (2017) Methods for Estimating Disease Transmission Rates: Evaluating the Precision of Poisson Regression and Two Novel Methods, 2017. Scientific Reports, 7:9496. DOI: 10.1038/s41598-017-09209-x.

Ministério da Saúde. (n.d.). Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde – CNES/DATASUS. 2020. Recuperado em 10 julho, 2020, de http://cnes2.datasus.gov.br/.

Prefeitura Municipal de Macaé. (n.d.). Site Oficial. Recuperado em 11 julho, 2020, de http://www.macae.rj.gov.br/.

Yang, Zihang, Dang, Zhongkai, Meng, Cui, Huang, Jingze, Meng, Haotian, Wang, Deyu, Chen, Guanhua, Zhang, Jiaxuan, Peng, Haipeng, Shao, Yiming. (2020). Propagation analysis and prediction of the COVID-19. Infectious Disease Modelling. 5. 282-292. 10.1016/j.idm.2020.03.002.

Mellan, T. A. et al. (2020) Estimating COVID-19 cases and reproduction number in Brazil. Imperial College. Report number: 19.

Mizumoto, K.; Chowell, G.. Transmission potential of the novel coronavirus (COVID-19) onboard the diamond Princess Cruises Ship, 2020. 2020. Infectious Disease Modelling, v.5, pp. 264-270.

Roda, W.C.; Varughese, M.B.; Han, D.; Li, M.Y.. Why is it difficult to accurately predict the COVID-19 epidemic ?, 2020. Infectious Disease Modelling, v.5, pp. 271-281.

Roosa K., Varuguese M. B., Han, D., Li M.Y. Real-time forecasts of the COVID-19 epidemic in China from February 5th to February 24th, 2020. 2020. Infectious Disease Modelling , v.5, pp. 256-263.

Scarabel, F., Pellis, L. Bragazzi, N. L., Wu, J. Canada needs to rapidly escalate public health interventions for its COVID-19 mitigation strategies. Infectious Disease Modelling. In Press.

SHIL, P.. Mathematical Modeling of Viral Epidemics: A Review, 2016. Biomedical Research Journal , v.3(2), pp. 195-215. DOI: 10.4103/2349-3666.240612.




DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.2021.18982

Direitos autorais 2021 Exacta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional