LEAN MANUFACTURING NO AGRONEGÓCIO: Uma análise bibliográfica da produção científica das bases Web of Science e SciELO no período de 2000-2020

Dvison Willian Santos, Valdner dos Clementino, Umarac dos Borges

Resumo


O cenário industrial está passando por uma transformação gigante no momento. A inovação não é apenas um diferencial, mas uma necessidade em que as organizações precisam direcionar a atenção. O Lean Manufacturing é visto como uma filosofia na inovação e com o uso das ferramentas dentro desse tema, o agronegócio tende a ter ganhos significativos em produtividade e lucro nas suas atividades. Esse trabalho visa relacionar a quantidade e qualidade dos artigos científicos que fazem a conexão do Agronegócio com o Lean Manufactuing, por meio das plataformas de pesquisa Web of Sciente e SciElo, trazendo um resultado positivo na pesquisa, onde é possível visualizar o aumento e importância da implementação das ferramentas Lean nas atividades organizacionais do agronegócio.

Palavras-chave


LEAN MANUFACTURING; INOVAÇÃO; PESQUISA

Texto completo:

PDF

Referências


ALYRIO, R. D. Métodos e técnicas de pesquisa em administração. Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ, 2009.

ANTUNES, Junico. Sistemas de Produção: Conceitos e práticas para o projeto e gestão da produção enxuta. Porto Alegre: Editora Bookman, 2008.

BATALHA, M. O., & SILVA, A. L. Gerenciamento de sistemas agroindustriais: definições, especificidades e correntes metodológicas. In: Batalha, M. O. Gestão agroindustrial. São Paulo, Atlas, 1: 1-62, 2008.

BARROS, G. Índices regionais de preços agro. Piracicaba: Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada – Esalq/USP, 2013.

BRAGLIA, M., CASTELLANO, D., GABBRIELLI, R., & MARRAZZINI, L. Energy Cost Deployment (ECD): Anovel lean approach to tackling energy losses. Journal of Cleaner Production, 246, 2020.

BHAMU, J., SINGH SANGWAN, K. Lean manufacturing: literature review and research issues. International Journal of Operations & Production Management, v. 34, n. 7, p. 876-940, 2014.

BUER, S.-V.; STRANDHAGEN, J. O.; CHAN, F. T. The link between Industry 4.0 and lean manufacturing: Mapping current research and establishing a research agenda. Journal of Production Research, [S.I ], v. 56, n. 8, p. 2924-2940, 2018.

BUAINAIN, A. M.; VIEIRA, P. A.; CURY, W. J. M. (Org.). Gestão do risco e seguro na agricultura brasileira. Rio de Janeiro: Funenseg, p. 11-30, 2014

CASAROTTO, E. L. Desempenho da pauta de exportação do agronegócio de Mato Grosso do Sul. Dourados, MS: UFGD, 2013.

CASTRO, A, & LAZZARI, J.B. Manual de direito previdenciário. São Paulo: LTR, 6ª Ed, 2005.

CARVALHO, S. M. P; SALLES-FILHO, S. L. M; PAULINO, S. R. Propriedade Intelectual e Dinâmica de Inovação na Agricultura. Revista Brasileira de Inovação, Ararangua, v. 2, n. 5, p.315-340, 2006.

CALARGE, F.A.; SATOLO, E.G.; PEREIRA, F.H.; DIAZ, E.C.. Evaluation of Lean Production System by using SAE J4000 standard: Case study in Brazilian and Spanish automotive component manufacturing organizations. African Journal of Business Management, v. 6, n.49, p.11839-11850, 2012.

COSTA, L. B. M., GODINHO FILHO, M., FREDENDALL, L. D., & GÓMEZ PAREDES, F. J. Lean, six sigma and lean six sigma in the food industry: A systematic literature review. Trends in Food Science and Technology, 2018.

CRC Ed. FORNO, A.J.D,; FORCELLINI, F.A.; CRESTANI, P.A.. A abordagem enxuta aplicada ao agronegócio: estudo de caso em um viveiro de mudas florestais. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, XXX, São Carlos, SP. Anais...São Carlos, SP, 2010.

DALLA, W.D.; MORAIS, L.L.P. Produção enxuta: vantagens e desvantagens competitivas decorrentes da sua implementação em diferentes organizações. XIII SIMPEP – Bauru, SP, Brasil, 2006.

DE STEUR, H., WESANA, J., DORA, M. K., PEARCE, D., & GELLYNCK, X. (2016). Applying Value Stream, Mapping to reduce food losses and wastes in supply chains: A systematic review. Waste Management, 58, 359–368.

ESTEVES, Wagner Luiz. A APLICAÇÃO DO LEAN MANUFACTURING NAS INDÚSTRIAS. CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, [S. l.], p. 1-12, 9 out. 2014. DOI ISSN 1984-9354. Disponível em: http://www.inovarse.org/sites/default/files/T14_0007_4.pdf. Acesso em: 15 abr. 2020.

FELD, W.M. Lean manufacturing: tools, techniques, and how to use them, 2001.

FELD, W.M. (2001). Lean manufacturing: tools, techniques, and how to use them. CRC Ed. FORNO, A.J.D,; FORCELLINI, F.A.; CRESTANI, P.A.. A abordagem enxuta aplicada ao agronegócio: estudo de caso em um viveiro de mudas florestais. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, XXX, São Carlos, SP. Anais, São Carlos, SP, 2010.

FLINCHBAUGH, J. Beyond lean. Lean Learning Center. 2003.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

JANK, M. S.; NASSAR, A. M. Competitividade e globalização. In: ZYLBERSZTAJN, D.; NEVES, M. F. (Coord.). Economia e gestão dos negócios agroalimentares. São Paulo: Pioneira, 2000.

LOPES T. O; FROTA C. D. Aplicação dos conceitos do Lean Manufacturing para melhoria do processo de produção em uma empresa de eletrodomésticos: um estudo de caso. Encontro Nacional De Engenharia De Produção (ENEGEP), Fortaleza, CE, 2015.

RAO, I. K. Métodos Quantitativos em Biblioteconomia e em Ciência da Informação. Brasília: ABDF, 1986.

Revista Latino-Americana de Inovação e Engenharia de Produção, v. 5. n. 7. p. 31-47, 2017 PORTAL GESTÃO NO CAMPO. Conceito de Agronegócio. Disponível em: . Acesso em: 28 jan. 2021

SAINI, S., & SINGH, D. Impact of implementing lean practices on firm performance: a study of Northern India SMEs. International Journal of Lean Six Sigma, 2020.

STONE, K. Four decades of lean: a systematic literature review. International Journal of Lean Six Sigma, v. 3, n. 2, p. 112-132, 2012.

OGAYAR, Juan Jose; GALANTE, Juan torrubiano. Guía Lan Management: mejorar los procesos para ser más competitivos. Cuba: Poraxa; Grupotel; IDI - Institut d'Innovación Empresarial de les lles Balears. Disponível em URL: http://www.femeval.es/informesycomunic/documentacionjornadas, 2013.

OHNO, T. Sistema Toyota de Produção: Além da Produção em Larga Escala. Porto Alegre: Bookman, 1997

PETTERSEN, J. Defining lean production: some conceptual and practical issues. The TQM Journal, v. 21, n. 2, p. 127-142, 2009.

PORTAL BRASIL, 2014; BUAINAIN ET AL., 2014

PURUSHOTHAMAN, M. BABU, SEADON, J., & MOORE, D. Waste reduction using lean tools in a multicultural environment. Journal of Cleaner Production, 265, 2020.

PUTRI, N. T., & DONA, L. S. Application of lean manufacturing concept for redesigning facilities layout in Indonesian home-food industry: A case study. TQM Journal, 2019.

MARODIN, G.; ECKERT, C. P.; SAURIN, T. A. Avançando na implantação da logística interna lean: dificuldades e resultados alcançados no caso de uma empresa montadora de veículos. Produção Online, v. 12, n.2, p. 455-479, 2012.

MORAIS, R. R. D.; MONTEIRO, R. Industria 4.0: Impactos na gestão de operações e logística. São Paulo: Mackenzie, 2019.

VERGARA, S. C.; Projetos e relatórios de pesquisa científica em administração. 9ª edição. São Paulo: Atlas, 2010.

WALTER, O.M.F.C.; TUBINO, D.F. Métodos de avaliação da implantação da manufatura enxuta: Uma revisão da literatura e classificação. Gest. Prod., São Carlos, v. 20, n. 1, 2013.

WALTER, O.M.F.C.; TUBINO, D.F. Métodos de avaliação da implantação da manufatura enxuta: Uma revisão da literatura e classificação. Gest. Prod., São Carlos, v. 20, n. 1, 2013. ZYLBERSTAJN, D. Administração de sistemas de base agrícola: análise de fatores críticos. Revista Administração, São Paulo, v.48, n.2, p.203-207, abr./maio/jun. 2013.

WOMACK,J. P.E JONES, D.T. A Mentalidade Enxuta nas empresas: elimine o desperdício e crie riqueza. Tradução de Ana Beatriz Rodrigues e Priscilla Martins Celeste. 5. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

ZANELLA, L. C. H. Metodologia de pesquisa. Florianópolis: UFSC, 2011.

ZHU, D.et al. A Process For Mining Science &Technology Documents Data base Illustrate For the Case of Knowledge Discovery and Data Mining. Ciência da Informação, v. 28, n. 1, jan. 1999.

ZYLBERSTAJN, D. Administração de sistemas de base agrícola: análise de fatores críticos. Revista Administração, São Paulo, v.48, n.2, p.203-207, abr./maio/jun. 2013.




DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.2022.21400

Direitos autorais 2022 Exacta

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional