Processamento e avaliação da estabilidade da farinha de banana verde

Joice C. Santos, Gabriel F. Silva, João A. B. Santos, Antonio M. Oliveira Júnior

Resumo


O objetivo deste trabalho foi processar e avaliar a estabilidade da farinha de banana verde durante noventa dias de armazenamento a temperatura ambiente (±26ºC) como opção no aproveitamento do excedente de produção contribuindo com a minimização do desperdício. As amostras foram armazenadas em embalagens de polietileno tereftalato (PET), com capacidade 300g. Foram realizados dois tipos de avaliações: determinações físico-químicas (umidade, atividade de água, pH, acidez, proteína, lipídios, cinzas, carboidratos) e análises microbiológicas, no dia do processamento e durante todo o período de armazenamento, com intervalo de 30 dias. De acordo com os resultados obtidos, ocorreram alterações pouco significativas durante o armazenamento, sendo os teores acidez, atividade de água e umidade os parâmetros afetados significativamente.

Palavras-chave


Armazenamento. Atividade de água. Banana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exacta.v8i2.2245

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional