Esporte e Modernidade no Rio de Janeiro e Salvador: Um Estudo Comparado

Coriolano Pereira da Rocha Junior

Resumo


Este estudo teve por objetivo analisar comparativamente a relação entre a construção de projetos de modernidade e a conformação do campo esportivo no Rio de Janeiro e em Salvador, no âmbito dos governos Pereira Passos (1902-1906) e J. J. Seabra (1912-1916), respectivamente. Estabeleceram-se as seguintes questões a investigar: como essas cidades mobilizaram o esporte nos seus projetos de intervenção? Qual o impacto da experiência esportiva nas duas cidades? A investigação justifica-se por se tratar de duas cidades, historicamente, importantes para o país, bem como pela ausência de estudos correlatos. A análise comparada é, pois, o aspecto mais original deste texto. Para o alcance do objetivo, como fontes para investigar o caso de Salvador, examinamos jornais de circulação diária, como também algumas revistas. Como conclusão, identificamos que no Rio de Janeiro o campo esportivo desenvolveu-se em ampla relação com o processo de modernização, enquanto na Bahia essa relação foi menos significativa, implicando menor desenvolvimento esportivo.

DOI: 10.5585/podium.v2i1.38


Palavras-chave


Modernidade; Esporte; Rio de Janeiro; Bahia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v2i1.38

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review



PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2020 Todos os direitos reservados.