Efeito do treinamento com pesos sobre a rigidez arterial

Luiz Giovane Umpierre Vieira, Cássio Gustavo Santana Gonçalves, Andréia Cristiane Carrenho Queiroz

Resumo


Objetivo: Analisar os estudos clínicos e randomizados que avaliaram os efeitos do treinamento com pesos sobre a rigidez arterial. Método: Realizou-se um levantamento bibliográfico nas bases de dados Medline e SciELO, sem limitação de ano. Analisando-se títulos e resumos foram selecionados os artigos relevantes, sendo escolhidos dez trabalhos. Resultados: Oito estudos avaliaram jovens; e dois, indivíduos de meia-idade/idosos. A maior parte das pesquisas apresentou manutenção ou aumento da rigidez arterial após treinamento com pesos, somente uma mostrou redução. Dos seis estudos que empregaram treino de alta intensidade, cinco observaram aumento da rigidez arterial. Conclusão: Sugere-se que características individuais e de protocolo de treinamento podem modular a resposta de rigidez arterial. Assim, a alta intensidade do treino parece influenciar no aumento da rigidez arterial, enquanto a intensidade leve/moderada estaria associada à manutenção ou redução dessa rigidez.

Palavras-chave


Exercício; Complacência; Treinamento de resistência.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n4.4335

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.