Análise do equilíbrio postural de praticantes e não praticantes do método Pilates

Sandra Maira Rodrigues de Oliveira, Daniela Ruiz Montañez, Simone Lara

Resumo


Introdução: O equilíbrio é uma função evolutiva importante que representa um indicador de maturidade neurológica. Considerando que a prática de atividade física interfere no equilíbrio do indivíduo, acredita-se que o método Pilates possa ser uma modalidade importante para desenvolver o equilíbrio postural em escolares. Objetivo: Comparar o equilíbrio postural de estudantes praticantes e não praticantes do método Pilates. Métodos: Foram incluídos 30 estudantes divididos em grupo Pilates (GP), que realizou exercícios baseados no método Pilates, e o grupo inativo (GI), que não praticou educação física escolar. O equilíbrio dos estudantes foi avaliado pela Posturografia Dinâmica, com testes de organização sensorial (TOS), que avaliam os sistemas proprioceptivo, vestibular e visual. Resultados: Os estudantes do GP apresentaram valores superiores em relação ao GI, nos testes sensoriais nas condições 1 e 3, condições que avaliam os sistemas proprioceptivo, vestibular e visual. Conclusão: Houve diferença do equilíbrio entre os estudantes do GP e GI, evidenciando melhores resultados desta variável no GP.

Palavras-chave


Atividade física; Equilíbrio postural; Saúde do Adolescente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v15n1.6085

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.