Estratégias de Combate ao Marketing de Emboscada em Processos de Patrocínio no Brasil: Um Estudo Multicaso

Nicolas Caballero Lois, Olga Regina Cardoso, Carlos Eduardo Freitas da Cunha

Resumo


O marketing de emboscada constitui-se, cada vez mais, em umas das principais ameaças ao sucesso de um processo de patrocínio esportivo. Desta forma, torna-se imprescindível que tanto entidades esportivas, quanto empresas investidoras, desenvolvam ações eficientes para inibir esta prática oportunista, alcançando resultados significativos para as partes envolvidas no processo (patrocinador e patrocinado). O presente trabalho tem por objetivo analisar as estratégias de combate ao ambush marketing em processos de patrocínio esportivo no Brasil. Para isto, tomou-se, como objeto de estudo, os principais patrocínios esportivos existentes no país quando levado em conta verba investida, duração do investimento e resultados obtidos por ambas as partes (entidades esportivas e empresas investidoras). A partir dos dados levantados, pode-se observar uma preocupação das partes envolvidas em um processo de patrocínio esportivo no que diz respeito ao marketing de emboscada. De igual forma, pode-se verificar que um monitoramento no evento e ação da concorrência, ocupação nos meios de comunicação e dos espaços in loco, cobrança e retirada das marcas concorrentes, bem como monitoramento dos protagonistas da ação esportiva, foram estratégias desenvolvidas tanto por parte das entidades esportivas, quanto empresas investidoras, para coibir esta prática.

DOI: 10.5585/podium.v2i1.34


Palavras-chave


Patrocínio; Esporte; Emboscada; Combate.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v2i1.34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review



PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review

e-ISSN: 2316-932X
www.podiumreview.org.br

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review ©2020 Todos os direitos reservados.