Degradação fotoquímica e reuso da água obtida de um efluente têxtil tratado via UV/H2O2

Jorge Marcos Rosa, Elesandro Antonio Baptista, José Carlos Curvelo Santana

Resumo


O objetivo do trabalho foi a degradação fotoquímica e o reuso da água de um efluente têxtil. Estudou-se a influência do pH na degradação fotoquímica do corante C.I. Reativo Black 5 (RB5), nas faixas de pH 7, 9 e 11, catalisada por peróxido de hidrogênio (H2O2) na presença de de ondas ultravioletas (UV). Após o tratamento, todas as conversões obtidas foram acima de  = 0,96, na faixa de λmáx = 580 nm, em todos os valores de pH. Os efluentes foram reutilizados em tingimentos de mesma cor e posteriormente comparados com um tingimento efetuado com água bifiltrada. Foi observado e comprovado por meio de leitura espectrofotométrica e do cálculo dos desvios da cor (menor do que 1,0) que o efluente de tingimento com corante RB5 tratados com H2O2/UV nas faixas de pH 7, 9 e 11 podem ser reutilizados em novos tingimentos.

Palavras-chave


Corante. Degradação. Método fotoquímico. Peróxido de hidrogênio. Ultravioleta.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exacta.v8i2.2001

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional