Estudo comparativo de modelos estatísticos para redução da viscosidade em mistura de biodieseis de mamona e soja, usando uma metodologia de superfície de resposta

Fernanda Mansani Silva Gomes, Danielle Barbosa Matos, Bárbara Meirelle de O. Correia, Gabriel Francisco da Silva, Ana Eleonora Almeida Paixão

Resumo


O biodiesel é um combustível oxigenado produzido a partir da transesterificação de triglicerídeos, presentes em óleos vegetais e gorduras animais. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis estabele as propriedades a serem usadas para o controle de qualidade do biodiesel, dentre essas, destaca-se a viscosidade cinemática. Seu controle garante um funcionamento adequado dos sistemas de injeção e bombas de combustível. Este trabalho objetiva o estudo comparativo de modelos estatísticos para redução da viscosidade em misturas de biodieseis (mamona e soja), usando uma metodologia de superfície de resposta – RSM, baseada em planejamentos fatoriais. Na determinação da viscosidade, realizou-se um planejamento fatorial 22, utilizando como limites de variação mínimos e máximos os seguintes parâmetros: temperaturas 30 ºC e 50 ºC e concentração do biodiesel de referência em relação à mistura 25% e 75%. Por meio da RSM foi possível prever o melhor caminho para se obter um biodiesel com menor viscosidade.

Palavras-chave


Biodiesel. Superfície de resposta. Viscosidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exacta.v8i2.2195

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias

Exacta – Engenharia de Produção

e-ISSN: 1983-9308
ISSN: 1678-5428
www.revistaexacta.org.br

Exacta  ©2022 Todos os direitos reservados.

Este obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional